Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6452
Title: Avaliação da ecoeficiência de programas e projetos ambientais voltados às micro e pequenas empresas do pólo gesseiro do Araripe, estado de Pernambuco
Authors: Raposo de Aguiar, Luciana
Keywords: Avaliação; Programas ambientais; Projetos ambientais; Micro e Pequenas Empresas; Pólo Gesseiro do Araripe; Ecoeficiência; Produção Mais Limpa
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Raposo de Aguiar, Luciana; Vieira de Melo, Ivan. Avaliação da ecoeficiência de programas e projetos ambientais voltados às micro e pequenas empresas do pólo gesseiro do Araripe, estado de Pernambuco. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Gestão e Políticas Ambientais, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: A cadeia produtiva de gesso do Estado de Pernambuco é um segmento considerado estratégico pelas políticas públicas e privadas em nível federal e estadual por conta de seus impactos econômicos, sociais e ambientais. As empresas de mineração, calcinação e fundição que compõem o Pólo Gesseiro do Araripe (PGA), sendo predominantemente de micro e pequeno porte, têm sido alvo de várias iniciativas com vistas ao desenvolvimento sustentável da região. Dessa forma, este estudo tem como objetivo avaliar os principais programas e projetos ambientais voltados às Micro e Pequenas Empresas (MPEs) do PGA no período de 2000 a 2006, à luz de um conceito considerado o estado-da-arte da gestão ambiental empresarial, o da ecoeficiência. Para tanto, foram identificados 8 programas e projetos ambientais, entre os quais 4 foram selecionados (Programa SEBRAE de Eficiência Energética; Projeto implantação do Sistema de Gestão Ambiental no Pólo Gesseiro de Pernambuco - SENAI; Projeto de reestruturação e aperfeiçoamento do licenciamento ambiental na Região do Araripe - CPRH e; Projeto conservação e uso sustentável da caatinga GEF Caatinga) para avaliação estruturada com base nos objetivos e aspectos conceituais e metodológicos em relação à ecoeficiência. Esta abordagem permitiu identificar falhas de formulação e implementação por motivos como: incompatibilidade entre objetivos definidos e recursos / capacidade para alcançá-los; definição de metas pouco objetivas e difíceis de serem medidas; falta de cooperação/ interesse do público-alvo, entre outras observações capazes de fomentar orientações para ajustes e proposições de políticas ambientais e metodologias de implementação de programas com foco na gestão ambiental, a partir de sugestões como: planejar ações em função dos recursos humanos e financeiros disponíveis; buscar integração com outros programas; sensibilizar os empresários por meio de seus interesses econômicos aliados aos interesses do programa e capacitá-los para implementar um plano melhoria contínua em suas empresas com vistas ao desenvolvimento industrial sustentável
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6452
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Gestão e Políticas Ambientais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8170_1.pdf2.2 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.