Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6419
Title: Desenvolvimento de nanocompósito de polietileno de baixa densidade pós-consumo reciclado, Bentonita
Authors: ALVES, Rodrigo Borba
Keywords: Reciclagem; PEBD; Polímero; Nanocompósito; Argila
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Borba Alves, Rodrigo; Medeiros Bastos De Almeida, Yêda. Desenvolvimento de nanocompósito de polietileno de baixa densidade pós-consumo reciclado, Bentonita. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: Devido ao impacto ambiental associado à crescente demanda e utilização de materiais plásticos torna-se prioritário para a sociedade estudar o reciclo desses materiais. A reciclagem é um processo com enorme potencial econômico e vem sendo realizada com empenho pelas empresas, que estão sempre em busca da diminuição dos custos, aumento da eficiência e obtenção de produtos de boa qualidade. Neste trabalho foram preparados nanocompósitos de polietileno de baixa densidade (PEBD) pós-consumo reciclado/bentonita in natura e organofílica, estudadas as propriedades microscópicas e macroscópicas destes materiais, e também realizado um estudo preliminar de um modelo de calibração realizado através de análises de Infravermelho associadas a técnicas quimiométricas que pode ser uma alternativa viável para predição das propriedades mecânicas dos nanocompósitos estudados. Para caracterização dos sistemas foram utilizadas técnicas de infravermelho (IV), calorimetria diferencial exploratória (DSC), difração de raios-X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV) e ensaios mecânicos. O método de incorporação do reforço compreendeu a intercalação por fusão, para isso utilizou-se uma extrusora. Esse processo é mais vantajoso, pois é ambientalmente correto quando comparado a outros métodos de obtenção de nanocompósitos, e poderá ser utilizado pelas indústrias recicladoras no processo já existente. Os resultados da microscopia eletrônica de varredura mostraram que a argila organofílica foi a que obteve melhor incorporação ao polietileno de baixa densidade. Os teores e a modificação da argila afetaram as propriedades mecânicas dos sistemas PEBD pós-consumo reciclado/bentonita. Observou-se um reforço nas propriedades de resistência à tração. Os resultados estimulam novas pesquisas, que visem o reaproveitamento de resíduos plásticos de uma forma alternativa, economicamente viável e lucrativa para as indústrias de transformação, colaborando para minimizar o impacto ambiental causado pelo descarte inadequado ou pela disposição destes materiais nos aterros sanitários
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6419
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2531_1.pdf3.55 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.