Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6412
Title: A comunidade do Cabocó e a percepção ambiental das crianças e adolescentes para a gestão do Rio Capibaribe
Authors: Lereda Bem Cirilo, Claudia
Keywords: Política Ambiental; Espaço Urbano; Percepção Ambiental
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Lereda Bem Cirilo, Claudia; Régia Fernandes Gehlen, Vitória. A comunidade do Cabocó e a percepção ambiental das crianças e adolescentes para a gestão do Rio Capibaribe. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Gestão e Políticas Ambientais, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: Esta dissertação tem como objetivo principal analisar a degradação ambiental e a conseqüente percepção ambiental de crianças e adolescentes em relação ao rio Capibaribe. O estudo de caso tratado é a comunidade do Cabocó, localizada às margens do citado rio no bairro de Casa Forte, na cidade de Recife, Pernambuco. Para contextualizar o tema abordado, este trabalho sintetiza aspectos importantes sobre as políticas de meio ambiente, de recursos hídricos, de saneamento; aborda aspectos da política florestal, no que concerne às áreas ribeirinhas; discorre sobre as políticas públicas que vêm sendo adotadas para a ocupação do solo urbano em Recife, particularmente a respeito das ZEIS Zonas Especiais de Interesse Social, com foco na ZEIS Cabocó Vila Esperança, na qual está inserida a comunidade em estudo. Busca-se construir o embasamento teórico do estudo a partir de pesquisa bibliográfica a respeito da Percepção, da Percepção Ambiental e da Educação Ambiental. A pesquisa de campo é voltada para a identificação da percepção da criança e do adolescente a respeito do rio Capibaribe, analisada por meio de questionários aplicados a um grupo de crianças e adolescentes residentes na comunidade, complementados por questionários respondidos por seus pais, por professores de colégios, que atendem à população jovem, e por entrevistas com lideranças e residentes mais antigos na comunidade. Os resultados da pesquisa indicaram uma forte relação com o ambiente, fundamentada em valores sentimentais, mas também uma razoável consciência do papel que cada um desempenha para a manutenção e o agravamento das condições ambientais do rio e seu entorno
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6412
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Gestão e Políticas Ambientais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8166_1.pdf2.36 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.