Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6300
Title: Identificação dos tipos de Papilomavírus presentes em lesões cutâneas de bovinos afetados por papilomatose
Authors: Cristina da Rocha Carvalho, Cybelle
Keywords: Vírus do papiloma bovino; PCR; Bos taurus
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Cristina da Rocha Carvalho, Cybelle; Tassinari Rieger, Tania. Identificação dos tipos de Papilomavírus presentes em lesões cutâneas de bovinos afetados por papilomatose. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Genética, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: Os papilomavírus constituem uma extensa família de vírus associados a lesões epiteliotrópicas, mas afetando também o tecido mucoso, causando tumores benignos que podem sofrer malignização. A papilomatose bovina é uma doença economicamente relevante, por causar desvalorização do gado a ser comercializado, tanto pela deterioração da pele quanto pela caquexia e morte. Embora não existam dados epidemiológicos, os relatos de produtores e a observação direta indicam que sua incidência no estado de Pernambuco é elevada. O objetivo deste trabalho foi a detecção e tipificação dos diferentes tipos de papilomavírus bovino (BPV), através de PCR, em amostras de verrugas cutâneas coletadas de animais afetados pela papilomatose em uma propriedade leiteira de Pernambuco. Foram analisadas 36 amostras de verrugas cutâneas de 23 bovinos (Bos taurus). Os resultados demonstraram que os primers de detecção geral de BPV, MY09/11 e FAP59/64, não têm alta eficiência, uma vez que não detectaram a ocorrência de BPV em 58,34% e 61,12% das lesões papilomatosas dos bovinos testados. Entretanto, utilizando os primers específicos de tipificação, pelo menos um tipo viral foi detectado em cada amostra de lesão cutânea analisada. Os resultados demonstram a presença de pelo menos um tipo de BPV em quase todas amostras, apresentando maior incidência dos tipos BPV-2 e 3 nos animais avaliados. Além disto, os resultados obtidos indicam a existência de infecção simultânea em 89% dos indivíduos, principalmente por BPV-2 e 3, sendo que 25% dos animais apresentaram co-infecção tripla por BPV-2, 3 e 4. Estes resultados confirmam a presença de diferentes tipos de BPVs no gado afetedo por papilomatose cutânea e sugere que o BPV2 seja o mais freqüente
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6300
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Genética

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo3721_1.pdf995.59 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.