Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/625
Title: Anurofauna de áreas da caatinga de Pernambuco
Authors: José Correia Magalhães Junior, Arnaldo
Keywords: Caatinga;Nordeste;Anfíbios;Anuros
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: José Correia Magalhães Junior, Arnaldo; Mendes de Azevedo Junior, Severino. Anurofauna de áreas da caatinga de Pernambuco. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: A caatinga, bioma predominante na região Nordeste do Brasil está atualmente representado por cerca de 50 espécies de anfíbios anuros. Apesar do crescente interesse científico, com relação à anurofauna, a caatinga constitui o bioma brasileiro menos amostrado. Neste cenário atual, foi inventariada a aurofauna de duas áreas de caatinga, localizadas nos municípios de Orocó e Petrolândia, Pernambuco com objetivo de determinar suas composições de espécies, riqueza, diversidade e atividade vocal bem como compará-las a outras localidades de caatinga cuja anurofauna está suficientemente amostrada. Para tal, foram realizadas seis campanhas de coleta entre janeiro de 2006 e 2007, com freqüência bimestral e duração de dez dias, distribuídos igualmente entre as áreas. Os anfíbios anuros foram amostrados através de dois métodos: encontro visual e armadilhas de interceptação e queda com cercas-guia (pitfall traps with drift-fences). Foram registradas 33 espécies de anfíbios anuros distribuídas em sete famílias e 14 gêneros, das quais todas ocorreram em Orocó e 24 em Petrolândia. Dentre as espécies amostradas, quatro constituem registros inéditos para a anurofauna de Pernambuco: Dendropsophus oliverai (Bokermann, 1963); Physalaemus kroyeri (Reinhardt e Luetken, 1862), Physalaemus centralis (Bokermann, 1962) e Scinax alter (Lutz, 1973) e 13 possuem ocorrência restrita à região Nordeste. Ambas as áreas apresentaram valores significativos de riqueza e diversidade, onde Orocó apresentou composição (33sp), riqueza média estimada (35,75) e diversidade (H =2,913) mais elevada, quando comparada a Petrolândia apresentando (26sp), (25,23) e (H =2,773) para os respectivos valores. Das espécies inventariadas, 23 tiveram sua atividade vocal registrada, dentre as quais seis apresentaram atividade vocal durante todo o período e 17 espécies atividade vocal restrita à estação chuvosa. Quando comparadas a outras localidades de caatinga, Orocó e Petrolândia constituem as localidades de Caatinga com maior número de espécies registradas em relação a anurofauna
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/625
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biologia Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1237_1.pdf4.84 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.