Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6234
Título: Ética e corpo-próprio em Merleau-Ponty
Autor(es): Edivânia Vicente dos Santos, Maria
Palavras-chave: Alteridade;Ontologia existencial;Ética;Corpo-próprio
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Edivânia Vicente dos Santos, Maria; Vázquez Torres, Jesús. Ética e corpo-próprio em Merleau-Ponty. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Filosofia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: Esta dissertação analisa a relação entre ética e corpo próprio a partir da obra de Maurice Merleau-Ponty. É verdade que o filósofo não elaborou uma ética. O presente estudo tampouco se propõe a fazê-lo. Contudo, pretende mostrar que a contraposição merleau-pontyana da sua ontologia existencial às perspectivas antropológicas metafísicas fornece indicações e caminhos necessários para uma possível ética que assuma como fonte inexorável o fenômeno radicalmente integral da existência humana. Nesta perspectiva, a abordagem foca-se nos conceitos de corpo próprio, como lugar da singularidade e, ao mesmo tempo, da percepção do outro; de percepção como lugar originário de todo saber e, portanto, de toda ética possível; e de mundo como horizonte latente de nossas experiências presente antes de todo pensamento objetivo, numa perspectiva fenomenológica. Estes conceitos serão as bases da reflexão/tematização da ética no diálogo com referenciais do pensamento metafísico ocidental (tais como dualismo, objetivismo e racionalismo) no decorrer de toda a dissertação
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6234
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Filosofia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo6749_1.pdf683,05 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.