Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6225
Título: A inserção de uma instituição federal de ensino superior em uma cidade do sertão pernambucano Serra Talhada
Autor(es): SOUZA FILHO, Ilton da Costa
Palavras-chave: Interiorização;Ensino Superior;Desenvolvimento Regional;Rede Urbana;Pernambuco
Data do documento: 31-Jan-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: da Costa Souza Filho, Ilton; Bitoun, Jan. A inserção de uma instituição federal de ensino superior em uma cidade do sertão pernambucano Serra Talhada . 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Resumo: Este trabalho é uma análise da inserção de uma unidade de ensino superior, ligada à Universidade Federal Rural de Pernambuco, no Sertão do Estado, na cidade de Serra Talhada. Para este fim, detivemo-nos na interiorização do ensino superior em todo o território nacional, mapeamos a interiorização das Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) já existentes e traçamos paralelos entre a Política Nacional de Desenvolvimento Regional(PNDR) e a distribuição de ensino superior no território. Esta análise nos fez compreender que, apesar de serem políticas distintas, sem nenhuma relação no processo de criação, são políticas convergentes quando visam à redução das desigualdades sociais no território brasileiro. Procuramos também visualizar a interiorização do ensino superior, com ênfase em Pernambuco, relacionando a expansão da educação neste nível com suas consequências na rede urbana. Assim, trabalhamos com as Regiões de Influência das Cidades (REGIC 2007), inclusive com os questionários utilizados pelo IBGE para desenvolver o REGIC, visto que nos questionários foram destacados a oferta de ensino superior e a demanda de acesso pela população. Através dessas análises envolvendo a expansão do ensino superior, a PNDR e o REGIC 2007, percebemos significados diferentes para o termo interiorização, visualizamos a heterogeneidade da população brasileira. Também precisamos fazer referência ao histórico do ensino superior em Pernambuco, com ênfase na década de 1980, através do trabalho de Wanderley (WANDERLEY, 1986), no qual pudemos visualizar o quadro do ensino superior nestes anos, inclusive o alcance das unidades, os fluxos de alunos e professores, entre outros dados, que nos serviram para comparar a situação do período com o quadro atual. Por fim, dedicamo-nos a fazer uma análise qualitativa da inserção da unidade da Universidade Federal Rural de Pernambuco em Serra Talhada UAST (Unidade Acadêmica de Serra Talhada) partindo do princípio de que o oferecimento de educação em nível superior pode ser um eixo estratégico para o desenvolvimento local, mas também de que se faz necessária, para a instalação de uma instituição de ensino superior, uma estrutura mínima para acolher estudantes, professores e técnicos. Sobre este aspecto, alguns professores exprimiram suas opiniões, fundamentadas em suas experiências pessoais da instalação da UAST
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6225
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Geografia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo3511_1.pdf5,78 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.