Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/622
Título: Aprendizagem de integrantes de organizações não governamentais na relação com consultores organizacionais
Autor(es): CORREIA, Fernanda Bruto da Costa
Palavras-chave: Aprendizagem de adultos; Aprendizagem no contexto organizacional; Organizações não-governamentais; Consultoria organizacional
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Bruto da Costa Correia, Fernanda; Gilson Gomes Feitosa, Marcos. Aprendizagem de integrantes de organizações não governamentais na relação com consultores organizacionais. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: O objetivo desta dissertação é compreender como ocorre a aprendizagem dos integrantes de organizações não-governamentais (ONGs) e o que aprendem, na relação com consultores organizacionais. Para isso, foram pesquisados integrantes de ONGs de Recife/PE. A estratégia metodológica utilizada foi pautada numa perspectiva qualitativa. O principal instrumento para coleta de dados foi a entrevista semi-estruturada, conduzida com os profissionais pesquisados. A partir disso, foram descritos e interpretados os significados através da análise pragmática de conversação. Os resultados da pesquisa revelaram que para que a aprendizagem ocorra de forma ampla é importante que o consultor adote uma postura de abertura e transparência e crie confiança na relação com os integrantes das ONGs, propiciando um ambiente favorável ao diálogo e à reflexão, e também que ele seja flexível em relação aos seus métodos, adaptandoos às diferentes realidades das organizações; sistemático e investigativo durante o processo e; propicie uma maior participação dos membros das organizações. O consultor ao adotar essas posturas e trazer uma visão externa, imparcial e crítica, para relação de consultoria, propicia que os integrantes das ONGs adotem uma prática reflexiva aberta à mudança de pensamento e posturas. As reflexões realizadas a partir da experiência da relação com consultores possibilitaram que os integrantes das ONGs aprendessem aspectos relacionados à prática de contratação de consultoria e ao próprio processo. Foi possível, ainda, perceber mudanças nas organizações a partir do trabalho de consultoria
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/622
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Administração

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo1111_1.pdf906,11 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.