Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6108
Título: Análise da constituição genética de linhagens industriais da levedura Dekkera bruxellensis
Autor(es): LIBERAL, Anna Theresa de Souza
Palavras-chave: Fermentação alcoólica; Dekkera bruxellensis; ARO10; ADH
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Theresa de Souza Liberal, Anna; Antônio de Morais Júnior, Marcos. Análise da constituição genética de linhagens industriais da levedura Dekkera bruxellensis. 2010. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Genética, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: A levedura Dekkera bruxellensis vem se mostrando um importante microrganismo industrial, não apenas por causar eventos de contaminação em diversos processos fermentativos como também pela alta adaptação a esses processos. Este trabalho teve como objetivo principal identificar características genéticas básicas como composição genômica e cariotípica de linhagens industriais da levedura Dekkera bruxellensis a partir do uso de técnicas moleculares. Nesse trabalho, conseguimos visualizar o número e tamanho dos cromossomos das linhagens industriais de álcool combustível através da técnica de PFGE. Identificamos e analisamos estruturalmente os genes envolvidos na via do metabolismo central fermentativo através de busca no genoma seqüenciado, depositado no Banco de Dados do Projeto Dekkera bruxellensis. Analisamos a constituição genética e o status filogenético da D. bruxellensis em relação ao grupo ascomiceto através da análise dos genes piruvato descarboxilase (PDC) e álcool desidrogenase (ADH). Além disso, realizamos experimentos de expressão gênica por PCR em Tempo Real com os genes dbARO10 e dbADH em diversos meios com diferentes fontes de Carbono e Nitrogênio, verificando a resposta dessa levedura e analisando sua atividade enzimática para a fenilpiruvato descarboxilase e a álcool desidrogenase. Este foi um trabalho prospectivo, que fornece um painel inicial sobre a constituição genética desta levedura. Entretanto, algumas perguntas foram respondidas a partir dos resultados obtidos. Nos nossos trabalhos anteriores foi verificada a presença de dois padrões distintos de fingerprinting dos isolados de fermentação alcoólica. Esta variação de perfis refletiu-se nas variações cromossômicas, tanto em número quanto em tamanho. Pelas análises filogenéticas foi possível também, posicionar a D. bruxellensis dentro do grupo dos ascomicetos para os genes estudados
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6108
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Genética

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo767_1.pdf2,91 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.