Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6101
Título: Estudo de medidas para controle ambiental em subestações de energia elétrica
Autor(es): Oliveira de Lima, Audrey
Palavras-chave: Subestação; Distribuição de energia; Controle ambiental
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Oliveira de Lima, Audrey; Tôrres Aguiar Gomes, Edvânia. Estudo de medidas para controle ambiental em subestações de energia elétrica. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Gestão e Políticas Ambientais, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: A distribuição de energia, tão necessária para o crescimento de uma região, produz alguns impactos que necessitam ser gerenciados. O desenvolvimento desta pesquisa privilegia a avaliação de alguns aspectos e impactos ambientais decorrentes dos equipamentos e instalações gerais das subestações de distribuição de energia elétrica, formulando algumas medidas para controle ambiental. A caracterização dos aspectos e impactos ambientais da distribuição de energia elétrica, aqui apresentada foi desenvolvida baseada nos relatórios e laudos ambientais da Companhia Energética de Pernambuco CELPE, posteriormente diagnosticado nas visitas técnicas e entrevistas elaboradas com a população, bem como com os gestores e operadores da CELPE. A pesquisa tem como objetivo identificar possíveis impactos sócio-ambientais decorrentes das subestações de energia elétrica do Estado de Pernambuco, visando medidas de controle ambiental. Este trabalho foi composto de duas partes articuladas, a primeira, fundamentada na revisão bibliográfica, na prática dos especialistas e construindo o estudo das investigações afeitas aos serviços de manutenção da distribuição de energia, enfocando as subestações. A segunda compõe-se de levantamentos realizados nos espaços escolhidos, sistematizando os dados de forma a diagnosticar os aspectos e impactos ambientais nas subestações. A partir do diagnóstico realizado sobre a situação SE s de energia elétrica, foram identificados os impactos mais significativos referentes a esta atividade. Para seleção do universo amostral, foi realizada uma abordagem do estado de Pernambuco com suas características econômicas e sócioambientais, caracterização do sistema da Celpe, constando número e localização das subestações e principalmente os desligamentos de SE s que ocasionaram mortes de animais. O método adotado para avaliação dos Impactos Ambientais fora identificado a partir de um ou mais aspectos afins, proposto por Moreira (2002) com adaptações, seguidos de levantamentos dos impactos associados a cada aspecto observado in loco nas subestações visitadas, concluindo com avaliação de significância, identificando as que apresentaram mais interferências ambientais. Atualmente, os maiores e mais alarmantes problemas enfrentados nas subestações estão relacionados à morte de animais por choque elétrico, algumas concessionárias vêm desenvolvendo pesquisas, de forma que algumas delas minimizam os efeitos através da redução do número de pássaros nas subestações, mas não conseguem resolver o problema. Esta pesquisa teve como resultado um plano de controle ambiental para as subestações em funcionamento e para novas construções
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6101
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Gestão e Políticas Ambientais

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo2511_1.pdf1,81 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.