Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6078
Título: Abordagem geoquímica para discriminação de componentes de fluxo fluvial, sob condições de limbo descendente na hidrógrafa. Caso de estudo: Bacia Hidrográfica do Rio Corbeira, Galícia - Espanha
Autor(es): FIGUEIREDO, Juciene Andrade de
Palavras-chave: Hidrogeoquímica Fluvial; Hidrógrafa; Bacia Hidrográfica; Rio Corbeira; Galícia- Espanha
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Andrade de Figueiredo, Juciene; de Albuquerque Menor, Eldemar. Abordagem geoquímica para discriminação de componentes de fluxo fluvial, sob condições de limbo descendente na hidrógrafa. Caso de estudo: Bacia Hidrográfica do Rio Corbeira, Galícia - Espanha. 2010. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Geociências, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: Assinaturas geoquímicas de águas de limbo descendente a fluxos de base de uma pequena bacia hidrográfica agro-florestal, em clima temperado, são apresentadas neste estudo. Tratamentos estatísticos foram desenvolvidos a partir de dados analíticos de águas quinzenalmente coletadas em estações dispostas no curso fluvial do rio Corbeira (Galícia, Espanha) durante 2004-2008. Os resultados permitiram diferenciar características F-Q de águas de overland runoff daquelas de escoamento subsuperficial. Basicamente, overland runoff exibe fortes covariâncias interdependentes Q-SS-PP-DFe-DAl (em oposição ao pH), com eventual agregação de DOC e DP-NK conforme disponibilidades nos solos ou influência de áreas agrícolas. Águas de subsuperfície incluem compostos solubilizados, mostrando forte covariância Salinidade-pH, eventualmente com associação de DOC-DP-NO3-DFe. Assinaturas geoquímicas temporais foram evidenciadas pela divergência dos backgrounds de DOC e SS (meados de primavera ao início de outono), com morfologia senoidal de baixa amplitude e &#955; sazonal dependente da pluviosidade, que é controladora das variações das descargas fluviais (Q). As concentrações médias de parâmetros analíticos versus valores médios de PP/DP, tomados por intervalos de freqüência de PP/DP, evidenciaram plots lineares de primeiro grau, bem definidos em coordenadas cartesianas. Migrações de espécies químicas predominantemente como particulados em suspensão mostram linearidades com ângulos &#61537; &#61625; 0 em relação às abscissas (PP/DP), com origens praticamente coincidentes com o cruzamento das coordenadas. Diferentemente, elementos químicos exportados em solubilização apresentam linearidades paralelas (= 0) ao eixo das abscissas. Deflexões destas linearidades refletem mudanças significativas nas concentrações químicas, por mixing de águas de overland runoff com águas de escoamento subsuperficial, input exclusivo de águas de subsuperfície ou forte uptake biogênico (fluxos de base). No modelo hidrográfico do rio Corbeira, valores médios [3,3-2,0] de PP/DP correspondem a fases de limbo descendente, com predomínio de overland runoff. No intervalo ]2,0-0,9] ocorrem mixings entre influxos superficiais e subsuperficiais (limbo descendente inferior). No intervalo ]0,9-0,3] os mixings são dominados por águas de subsuperfície (fluxo de base recessivo). Finalmente, PP/DP < 0,3 indica condições de fluxo de base verdadeiro
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6078
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Geociências

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo2497_1.pdf3,47 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.