Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6041
Título: Preparação, re-descrição e posicionamento filogenético de Cearadactylus atrox Leonardi & Borgomanero, 1985 (Archosauria, Pterosauria)
Autor(es): Cavalcanti Vila Nova de Albuquerque, Bruno
Palavras-chave: Pterosauria; Formação Romualdo; Análise filogenética; Anhangueridae; Cearadactylus
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Cavalcanti Vila Nova de Albuquerque, Bruno; Henrique de Miranda Lopes Neumann, Virginio. Preparação, re-descrição e posicionamento filogenético de Cearadactylus atrox Leonardi & Borgomanero, 1985 (Archosauria, Pterosauria). 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Geociências, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: Pterossauros são um dos grupos de arcossauros fósseis melhor representados no registro fóssil brasileiro. Dentro desta diversidade, uma das primeiras espécies descritas, Cearadactylus atrox, tem causado divergências de interpretação entre pesquisadores desde a sua publicação. Devido ao fato de o holótipo e único espécime conhecido estar parcialmente preparado, as tentativas de classificações taxonômicas realizadas, posicionaram-no em grupos diferentes. Estas discordâncias geraram o colapso de certos ramos da filogenia de Pterosauria. O presente trabalho teve como objetivo a preparação do holótipo de Cearadactylus atrox, sua re-descrição e o posicionamento filogenético, utilizando-se matrizes filogenéticas disponíveis para o grupo. Evidências de adulterações foram observadas durante a preparação. Dentre as características exclusivas apresentadas por Cearadactylus atrox estão uma fenda no dentário bifurcada na extremidade rostral, órbita e narina em posição elevada relativo a fenestra nasoanterorbital e menos de 15 dentes em cada lado da maxila e mandíbula. Filogeneticamente Cearadactylus atrox se mostrou como grupo irmão do clado Anhangueridae, sendo uma espécie intermediária entre as formas européias (nominalmente Ornithocheirus compressirostris) e as formas brasileiras (Tropeognathus mesembrinus e as espécies que compõem o gênero Anhanguera)
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6041
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Geociências

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo2399_1.pdf3,96 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.