Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6005
Title: Estruturação de problemas de decisões estratégicas para comitês de Bacias Hidrográficas do Estado de Pernambuco
Authors: de Almeida Levino, Natallya
Keywords: Comitês de Bacias Hidrográficas; Estruturação de Problemas; Políticas Públicas
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: de Almeida Levino, Natallya; Costa Morais, Danielle. Estruturação de problemas de decisões estratégicas para comitês de Bacias Hidrográficas do Estado de Pernambuco. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: A discussão em torno do desenvolvimento sustentável vem ganhando maior notoriedade nos últimos anos, decorrente da intensificação da degradação ambiental. A Lei nº 9.433/97 representou um avanço institucional das políticas brasileiras ao criar o Sistema Nacional de Recursos Hídricos e instituir os comitês de bacias hidrográficas como unidade de gestão. A fim de avaliar a situação atual dos comitês de bacias hidrográficas do Estado de Pernambuco e a forma como as decisões são tomadas nesse âmbito, foi realizada uma pesquisa qualitativa, através da aplicação de questionário, com os membros da diretoria dos cinco comitês constituídos no estado, durante os meses de março a maio de 2009. O cenário apresentado pelos comitês é de poucas conquistas e realizações; a infra-estrutura ainda se mostra insatisfatória, bem como a falta de recursos próprios impossibilita maior mobilidade, devido a não implementação de todos os mecanismos previstos pela Lei. Com a análise dos resultados verificou-se que a ausência de procedimentos para envolvimento dos membros para discussão e estruturação dos problemas enfrentados pelos comitês, dificulta a tomada de decisão. Assim, o presente trabalho propõe um modelo de estruturação de problemas para os Comitês de Bacia Hidrográfica, a fim de propiciar um processo interativo e de aprendizagem envolvendo a participação de todos os membros. O modelo proposto foi baseado na metodologia Strategic Options Development and Analysis (SODA), através dos mapas cognitivos, permitindo um maior entendimento do problema pelos membros dos comitês. A definição destas preposições fez-se no sentido de oferecer subsídios para uma adequada gestão dos recursos hídricos nos Comitês de Bacias Hidrográficas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6005
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia de Produção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo991_1.pdf2.54 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.