Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5990
Title: Um modelo para a autoavaliação das mpes construtoras de edifícios aos requisitos do PBQP-H/SiAC
Authors: MAGALHÃES, Welton de França
Keywords: Lógica Fuzzy; MPEs brasileira; PBQP-H/SiAC; SGQ
Issue Date: 31-Jan-2012
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: de França Magalhães, Welton; Dumke de Medeiros, Denise. Um modelo para a autoavaliação das mpes construtoras de edifícios aos requisitos do PBQP-H/SiAC. 2012. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2012.
Abstract: Devido ao aumento da competitividade, as empresas têm buscado alternativas em melhorarem seus processos e aumentarem a qualidade de seus produtos e serviços. Não diferentemente, as empresas do setor da construção, particularmente aquelas voltadas para a construção de edifícios, têm adotado um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) no aperfeiçoamento de seus processos e no atendimento às exigências do mercado. Entre os SGQ existentes, o PBQP-H/SiAC tem se destacado por oferecer benefícios que são favoráveis às empresas deste segmento. Entretanto, ao contrário das médias e grandes empresas, as Micro e Pequenas Empresas (MPEs), por natureza, possuem recursos financeiros limitados, causando o adiamento no programa. Contudo, têm cabido às MPEs sua implementação justamente para se equivalerem com as maiores, permitindo, desta forma, maiores possibilidades de competitividade no mercado consumidor. Como forma de ajudá-las em sua sustentabilidade, é proposto neste trabalho um modelo para a autoavaliação aos requisitos do PBQP-H/SiAC, com o emprego da Lógica Fuzzy como ferramenta de medição. A Lógica Fuzzy permitirá obter um valor mais próximo do grau de formalizado do requisito avaliado, proporcionando, assim, melhor definição à tomada de decisão na melhoria do requisito, possibilitando, no final, maiores chances de certificação. Como ferramenta para coleta de dados, utilizou-se um questionário composto pelos requisitos de um dos níveis do programa com a inserção de uma escala. O modelo foi exposto a uma simulação, aos requisitos de um dos níveis do programa, a fim de atestar sua aplicabilidade. Como resultado, o modelo determinou o grau de formalizado do nível pretendido. Todavia, ele está sujeito a sofrer alterações e melhorias na busca por resultados mais consistentes
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5990
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia de Produção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo9623_1.pdf3.16 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.