Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5863
Title: Mini-rotatórias: contribuição na redução de conflitos em interseções urbanas
Authors: Paulo Barbosa da Costa, João
Keywords: Engenharia de tráfego; Interseções urbanas; Conflitos de tráfego; Acidentes em interseções; Rotatórias; Mini-rotatórias
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Paulo Barbosa da Costa, João; Cavalcanti da Costa Lima Neto, Oswaldo. Mini-rotatórias: contribuição na redução de conflitos em interseções urbanas. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: Esta dissertação aborda duas medidas de engenharia de tráfego utilizadas com a finalidade de redução de conflitos e acidentes de trânsito em interseções urbanas. Nesse sentido, destaca-se a contribuição das mini-rotatórias. Apesar de sua ampla utilização em todo o mundo, as mini-rotatórias são pouco empregadas no Brasil. Pela falta de estudos nacionais sobre mini-rotatórias as referências para seu emprego e dimensionamento são de bibliografia estrangeira. O texto mostra a possibilidade de gestão do tráfego urbano com a utilização de recursos materiais, capazes de garantir mais segurança para as vias, através da implantação de mini-rotatórias como uma sinalização econômica. O estudo de caso realizado nas mini-rotatórias em operação na cidade do Recife, mostrou que em 7 anos ocorreram apenas 23 acidentes com danos materiais, 1 acidente com ferido, e em todo o período não há registros de acidentes com vítima fatal; outro dado importante é que o volume médio diário (VMD) de todas as mini-rotatórias estudadas estão acima dos padrões internacionais e este fator não compromete seu funcionamento. Os custos de implantação e manutenção das mini-rotatórias são inferiores aos custos de implantação de semáforos. A implantação de um semáforo varia de R$ 16.000,00 a R$ 35.000,00 conforme o tipo de cruzamento. Enquanto que a instalação de uma mini-rotatória varia de R$ 7.000,00 a R$ 12.000,00 devido à presença ou não de uma ilha central elevada em asfalto ou outro material. Por outro lado observa-se que há um descaso total na conservação deste dispositivo pelo órgão gestor de trânsito do Recife, isto resulta da falta de estudos e informações técnicas, aliados a tradição do emprego generalizado do semáforo, com base na crença equivocada de que este é o único sistema de controle que garante mais segurança no trânsito em interseções urbanas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5863
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo6734_1.pdf5.23 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.