Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5705
Título: Efeito da emissividade no infravermelho e da refletividade no espectro da radiação solar sobre o desempenho térmico de cobertas metálicas de construções situadas em regiões de clima subtropical e equatorial
Autor(es): Victor de Oliveira Santos, Thiago
Palavras-chave: Cobertas metálicas;Tintas seletivas;Ilhas urbanas de calor;Isolamento térmico;Condução de calor
Data do documento: 31-Jan-2012
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Victor de Oliveira Santos, Thiago; Pereira de Brito Filho, João. Efeito da emissividade no infravermelho e da refletividade no espectro da radiação solar sobre o desempenho térmico de cobertas metálicas de construções situadas em regiões de clima subtropical e equatorial. 2012. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2012.
Resumo: Em cidades com elevada concentração de indústrias é comum se encontrar galpões de grandes dimensões. Como se sabe, diversos problemas decorrentes da poluição ambiental em cidades deste tipo merecem uma atenção especial. A formação de ilhas de calor localizadas em certas macrorregiões dos grandes centros urbanos é um destes problemas. Vários fatores contribuem para a formação das ilhas de calor urbanas, dentre eles, o aquecimento do ar que tem como origem as altas temperaturas das cobertas das construções. Esta Dissertação de Mestrado teve como objetivo analisar o desempenho térmico de cobertas metálicas de grandes dimensões, como aquelas encontradas em galpões industriais, pavilhões de exposição, supermercados e aeroportos, chamadas de cobertas leves. Para tanto, foi analisado o comportamento térmico (níveis de temperatura e fluxo de calor que atravessa a coberta) de dois tipos de cobertas situadas em duas grandes cidades brasileiras de clima bem distintos: Curitiba na região Sul (clima frio e seco) e Manaus na região Norte (clima quente e úmido). A solução do problema proposto foi obtida a partir da elaboração de um modelo unidimensional da transferência de calor de uma coberta de múltiplas camadas, onde a radiação solar e a temperatura ambiente foram consideradas funções do tempo. O programa computacional desenvolvido em Matlab® possibilitou realizar simulações para todos os meses do ano e horas do dia no intervalo entre a hora do nascer até o pôr do sol. Das situações analisadas, pode-se verificar que a aplicação de tintas seletivas nas cobertas metálicas com e sem o emprego de isolamento térmico de massa resultou em uma redução significativa da temperatura média anual da coberta na cidade de Manaus. Já para a cidade de Curitiba, o mesmo não ocorreu com tamanha intensidade, colocando em dúvida a viabilidade econômica da aplicação de tintas seletivas em regiões de clima frio e seco. Os resultados obtidos mostraram que em um país de proporções continentais como o Brasil, políticas distintas para cada região devem ser aplicadas para redução de problemas de aquecimento ambiental decorrentes da formação de ilhas urbanas de calor
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5705
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia Mecânica

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo9433_1.pdf1,83 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.