Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5656
Título: Um modelo de sistema de informação para gestão de cursos de pós-graduação lato sensu
Autor(es): ARRUDA, Ivany Maria de
Palavras-chave: Sistemas de informação; Metodologia BSP; Visão por processos.
Data do documento: 2007
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Maria de Arruda, Ivany; Teixeira de Almeida, Adiel. Um modelo de sistema de informação para gestão de cursos de pós-graduação lato sensu. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Resumo: As estruturas estritamente funcionais não demonstravam o que a empresa fazia, para quem fazia e nem como era feito. Esse modelo de gestão, a partir do final da década de oitenta, foi começando a se redirecionar para uma visão mais sistêmica, que propicia enormes ganhos de tempo na análise de resultados das intervenções nos processos organizacionais: a inexistência de uma visão dos processos organizacionais gera atividades redundantes e que não agregam nenhum valor aos seus clientes. A visão por processos prioriza a análise das funções de uma organização, desde uma ótica de atividades sequenciadas lógico-temporalmente. Foi com base nesta visão, que esta pesquisa se propôs a desenvolver um modelo de Sistema de Informação (SI), para cursos de pós-graduação lato sensu. A metodologia utilizada no planejamento dos SI s foi a BSP (Business System Planning), uma abordagem em que a base suporte aos sistemas de informação é o processo do negócio. Para construir a estrutura do SI da organização estudada neste trabalho, fez-se necessário identificar os dados, e como são compartilhados pelas funções e seus respectivos processos. O mapeamento dos processos permitiu a identificação de sistemas interfuncionais. Diante da limitação de recursos, o estudo BSP também viabilizou a ordem de implementação dos módulos de sistemas de informação, identificados com o uso desta metodologia. A utilização da BSP ratificou o consenso na literatura de que nenhum investimento em SI será satisfatório, se o planejamento do SI não estiver alinhado ao planejamento do negócio. Portanto, a tecnologia da informação (TI) e os recursos financeiros de uma organização não podem ser vistos como os seus únicos ingredientes de sucesso. O investimento deve ser decidido, considerando-se não apenas os ganhos financeiros, como também os ganhos estratégicos
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5656
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia de Produção

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo7283_1.pdf2,26 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.