Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5637
Title: Técnicas ópticas para a análise da manifestação do estresse hídrico em laranjeiras
Authors: Cleiton Cabral Correia Lins, Emery
Keywords: Espectroscopia de fluorescência; Estresse hídrico; Imagens de fluorescência; Clorofila; Fotossíntese; Quimiometria; Razão de fluorescência
Issue Date: 2005
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Cleiton Cabral Correia Lins, Emery; Dias Nunes, Frederico. Técnicas ópticas para a análise da manifestação do estresse hídrico em laranjeiras. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Abstract: Devido ao rendimento do agronegócio e à produção Brasileira de laranja para suco ser a maior do mundo, tornou-se necessário desenvolver técnicas capazes de detectar o desempenho das laranjeiras e o efeito dos problemas ambientais sobre elas. Neste trabalho foram avaliadas técnicas para detectar o déficit hídrico em laranjeiras através da fluorescência emitida por suas folhas. Foram propostas três análises: · Espectroscopia de fluorescência através da figura de mérito de razões de fluorescência. · Gradiente da intensidade da fluorescência através de imagens da fluorescência da folha. · Técnica quimiometria aplicada aos espectros da fluorescência. Os resultados da primeira proposta mostraram que algumas razões de fluorescência, naquelas condições experimentais, distinguiram as laranjeiras sem e com o estresse hídrico. A análise das imagens mostra que essa técnica foi capaz de caracterizar o estresse hídrico em diferentes regiões de uma folha, porém erros experimentais no estágio do uso da técnica impossibilitaram a comparação entre duas laranjeiras. Finalizando, os resultados da quimiometria mostraram ser possível distinguir amostras com e sem o déficit hídrico. As conclusões foram que usando a fluorescência é possível detectar o déficit hídrico através das técnicas propostas. Que os estudos devem continuar para identificar a influência de outros fatores ambientais, e que o modelo de estresse adotado era limitado por não prever o estresse de minerais
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5637
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia Elétrica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo7084_1.pdf2.56 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.