Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5627
Título: Refrigeração solar: uma proposta para a refrigeração de leite no SemiÁrido Nordestino
Autor(es): Fiorenzano de Albuquerque, Ricardo
Palavras-chave: Produtos tradicionais; Linhas de captação; Refrigeração
Data do documento: 2005
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Fiorenzano de Albuquerque, Ricardo; Rosa Mendes Primo, Ana. Refrigeração solar: uma proposta para a refrigeração de leite no SemiÁrido Nordestino. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Resumo: Um dos produtos tradicionais do agreste pernambucano é o leite. Por oferecer uma bacia leiteira estável, Pernambuco atraiu uma grande indústria leiteira para esta região, aumentando a necessidade de refrigeração nas linhas de captação do leite, já que muitos fornecedores da bacia leiteira são pequenos produtores sem recursos de refrigeração. Segundo informações da Companhia de Eletrificação de Pernambuco (CELPE), Pernambuco é o estado do Nordeste com mais alto índice de eletrificação rural. Entretanto, segundo dados da própria companhia, essa eletrificação é oferecida na forma monofásica, apenas suficiente para propósitos de iluminação e para pequenas potências, não sendo suficiente para máquinas de refrigeração. Por outro lado, o Nordeste brasileiro, é altamente favorecido em termos de energia solar. Projetos que unam a necessidade de refrigeração com a disponibilidade de energia solar podem contribuir para o desenvolvimento da região Nordeste. Deste modo, o objetivo maior do presente projeto foi analisar as condições de funcionamento do refrigerador solar com a finalidade de resfriar leite, construído através de financiamento do BNB, na UFPE, o qual funcione sem a presença de energia elétrica. Esse dispositivo funciona através da adsorção sólida, com o par frigorífico sílica gel água e utiliza a energia solar como fonte de energia. A análise foi procedida através de medições de temperatura ao longo do dia (24 horas de trinta em trinta minutos) no reator, condensador e evaporador do refrigerador solar, utilizando termopares tipo K ligados a um datalogger e a um microcomputador. Foram desenvolvidas e discretizadas equações que descrevem os fenômenos de transferência de calor e posteriormente implementadas em uma ferramenta computacional
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5627
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia Mecânica

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo7646_1.pdf3,05 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.