Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5593
Título: Avaliação operacional e características do lodo gerado na indústria da água do litoral sul de Pernambuco
Autor(es): Paula Maria de Araújo, Ana
Palavras-chave: Indústria da água; Resíduos de ETAs; Caracterização
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Paula Maria de Araújo, Ana; Takayuki Kato, Mario. Avaliação operacional e características do lodo gerado na indústria da água do litoral sul de Pernambuco. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: A indústria da água desempenha papel de fundamental importância para a sociedade, por permitir o suprimento, em diversos setores, de um produto essencial à vida. Por outro lado, essa indústria, como qualquer outra, gera resíduos, denominados lodos de ETAs (estações de tratamento de água), que necessitam ser tratados e dispostos adequadamente. Esta dissertação foi desenvolvida com o intuito de avaliar os sistemas de tratamento de água dos municípios de Sirinhaém, Rio Formoso, Tamandaré, Barreiros e São José da Coroa Grande, localizados no litoral sul do Estado de Pernambuco. Objetivou também contribuir, através de estudos de caracterização, para a implantação de alternativas viáveis de tratamento e disposição dos resíduos gerados nas ETAs dessa região, tendo em vista os problemas ambientais causados pela má disposição desses tipos de despejos. Foi realizado um levantamento de dados, junto à Companhia Pernambucana de Saneamento, sobre as características de cada sistema do referido setor, como também foram realizadas coletas dos resíduos produzidos por essas estações, para avaliação das principais características físicas, químicas e bacteriológicas. Os resultados da pesquisa demonstraram que os sistemas de São José da Coroa Grande, Santo Amaro de Sirinhaém e Barra de Sirinhaém não se enquadram dentro dos padrões de potabilidade no que se refere aos parâmetros cor e turbidez. Os estudos de caracterização dos resíduos indicaram lodos de fácil desidratação, com resistência específica oscilando entre 1,08 x 10¹¹ m/kg e 5,95 x 10¹¹ m/kg, e tamanho médio de partículas variando entre 16,7 ?m e 54,5 ?m. A parcela de sólidos totais fixos e voláteis presentes nos resíduos dos filtros foram em média de 70% e 30%, respectivamente. No decantador da ETA Barreiros, o percentual foi de 79% e 21%. Esses resultados indicaram a presença de uma pequena porção biodegradável. Dentre os metais encontrados nos resíduos, o Al, o Fe e o Mn foram os que apresentaram os maiores índices, tanto nos despejos dos filtros quanto no lodo do decantador da ETA Barreiros. Os metais que não se enquadram dentro dos limites para o extrato solubilizado, obtido a partir do lodo do decantador da ETA
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5593
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia Civil

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo6220_1.pdf1,38 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.