Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5549
Title: Acessibilidade e o valor da terra urbana: o caso do metrô do Recife
Authors: ANDRADE, Mauricio Oliveira de
Keywords: Acessibilidade; Valor do solo urbano; Integração; Transportes e uso do solo
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Oliveira de Andrade, Mauricio; Leonor Alves Maia, Maria. Acessibilidade e o valor da terra urbana: o caso do metrô do Recife. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Esta dissertação baseia-se na hipótese de que a elevação das condições de acessibilidade propiciada pelos sistemas de transportes de massa, afeta diretamente o valor da propriedade urbana. A escolha do tema é justificada pela necessidade de aprofundamento em nível local e nacional, de estudos sobre a relação entre investimentos em transportes e desenvolvimento urbano. O objetivo principal é analisar a relação entre a implantação de um sistema metroferroviário e o valor da terra nas áreas atendidas pelo sistema. Complementam esse objetivo: a definição das condições e dos contextos que favorecem a obtenção de resultados positivos dos investimentos em transportes e a apresentação de sugestões de instrumentos para um melhor aproveitamento desses investimentos. O referencial teórico insere-se na área de economia urbana, como as teorias do valor da terra e das escolhas de localização residencial, e de planejamento urbano e de transportes que estudam as relações entre transporte e uso do solo. O estudo empírico refere-se à área de influência de um trecho da Linha Centro do Metrô do Recife. O modelo de análise escolhido para testar a hipótese foi o de preços hedônicos. A hipótese foi parcialmente confirmada, pois a elevação dos preços ocorre apenas nas proximidades das estações. Comparando-se os preços da terra em 1984 e 2006, observa-se que as curvas de gradiente do preço em relação à distância ao centro não tiveram uma suavização do coeficiente que demonstre uma valorização do solo com o aumento distância ao centro. Como análise desses resultados conclui-se que: (i) não ocorreu uma grande alteração na acessibilidade, e as economias de tempo, em relação ao sistema anterior, são pequenas; (ii) não se observou dinamismo no mercado imobiliário ou comercial na área; (iii) inexiste uma atuação pública estratégica ou normativa no sentido de estimular a revitalização da área e de potencializar os investimentos realizados. Para reverter essa situação são sugeridas políticas públicas de inclusão social; a aplicação de instrumentos do Estatuto das Cidades; melhoria na articulação inter-institucional; e melhoria no controle urbano
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5549
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo6173_1.pdf5.48 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.