Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5531
Title: Ecoeficiência como fator de competitividade em micro e pequenas empresas: um estudo de caso no setor de serviços automotivos
Authors: ALVES, Jordania Louse Silva
Keywords: Sustentabilidade;Competitividade;Ecoeficiência
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Louse Silva Alves, Jordania; Dumke de Medeiros, Denise. Ecoeficiência como fator de competitividade em micro e pequenas empresas: um estudo de caso no setor de serviços automotivos. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: O presente trabalho tem como objetivo demonstrar a viabilidade e os benefícios da adoção de práticas ecoeficientes como instrumento inovador e gerador de vantagem competitiva para as micro e pequenas empresas. Inicialmente foi realizado um levantamento bibliográfico acerca da temática ambiental ressaltando-se ecoeficiência, inovação e suas ligações para a obtenção de ganho competitivo para micro e pequenas empresas. Posteriormente foi realizada uma avaliação da utilização de práticas ecoeficientes em uma micro empresa de autopeças e serviços automotivos elétricos através de questionários, onde se verificou a existência de procedimentos ambientais no empreendimento. Em seguida, foi apresentado ao gestor um guia de implementação de práticas ecoeficientes baseado no modelo utilizado pelo CEBDS e SEBRAE a fim de averiguar a sua real viabilidade e se tais práticas geram benefícios competitivos ao empreendimento. Como resultado, observou-se que apesar do desconhecimento a cerca do significado do termo ecoeficiência, algumas das práticas foram adotadas e foi possível observar redução de desperdícios e melhoras no funcionamento da micro empresa. Além disso, constatou-se que essas alterações nos padrões de funcionamento não oneraram a empresa, porém trouxeram benefícios ambientais e econômicos contribuindo para a sustentabilidade do empreendimento. Sugeriu-se ainda a adoção de relatórios de sustentabilidade da GRI Global Reporting Initiative, os quais anseiam descrever os impactos econômicos, ambientais e sociais, triple bottom line, e permite medir as ações da empresa quanto à ecoeficiência, a evolução e os benefícios advindos dessa prática
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5531
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia de Produção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo600_1.pdf1.37 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.