Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5432
Title: Características de vento da Região Nordeste : análise, modelagem e aplicações para projetos de centrais eólicas
Authors: SILVA, Gustavo Rodrigues
Keywords: Recursos eólicos
Issue Date: 2003
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Rodrigues Silva, Gustavo; Alencar do Nascimento Feitosa, Everaldo. Características de vento da Região Nordeste : análise, modelagem e aplicações para projetos de centrais eólicas. 2003. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Abstract: A geração de energia elétrica no Brasil é, basicamente, feita a partir de duas fontes: a hidráulica e a térmica. Entretanto, a predominância da hidráulica (mais de 90% da planta nacional) caracteriza o Brasil como um dos países energeticamente mais limpos do planeta. Apesar disso, estudos específicos apontam outras importantes possibilidades de geração para o Brasil, em especial o aproveitamento energético dos ventos; principalmente na região Nordeste, onde o esgotamento dos meios de exploração dos recursos hídricos já é uma dura realidade. Pesquisas recentes apontam a existência de um alto potencial de aproveitamento, com ventos de excelentes características na região. Este trabalho de mestrado objetivou a identificação e a análise das principais características de vento do Nordeste, visando aplicações ligadas a projetos eólicos. Para isso, foi dividido em três etapas: A primeira etapa apresenta os fundamentos e os resultados de um estudo aprofundado dos principais mecanismos climáticos que condicionam os recursos eólicos do Nordeste. Todos os mecanismos foram analisados quanto às escalas de tempo e espaço associadas. Desta forma, foi possível classificar e dividir o Nordeste em três grandes regiões eólicas com distintos mecanismos de vento; além de qualificar as principais características de vento para cada uma dessas regiões. Numa segunda etapa, as características eólicas identificadas foram comparadas as de outras regiões com altos investimentos em energia eólica, como a Europa e os Estados Unidos. A comparação serviu de base para a qualificação e a quantificação dos principais efeitos das características eólicas nordestinas no projeto e na operação de turbinas eólicas. Estes experimentos abrem possibilidades para outros estudos ligados à otimização da operação de turbinas eólicas. A última etapa desmistifica a complexidade de modelar o vento fazendo uso de distribuições probabilísticas de velocidade, em especial a distribuição de Weibull. A interpretação física desta distribuição apontou para importância da relação entre seus dois parâmetros (k e c), além de apresentar as principais causas de erros quando da utilização de Weibull. Com isso, pôde-se constatar que os principais programas computacionais comercialmente disponíveis no mercado mundial não são adequados para representar satisfatoriamente os ventos típicos do Nordeste. Tal fato incentivou o desenvolvimento de um novo método de estimativa dos parâmetros da distribuição de Weibull, totalmente adaptado às condições eólicas do Nordeste. O novo método, denominado Método da Energia Equivalente (MEE), foi validado a partir de experimentos comparativos entre o seu comportamento e de dois outros métodos. Com isso, pôde-se atestar a eficiência do MEE em representar, de forma rápida e precisa, os recursos eólicos do Nordeste. Os resultados apresentados nesta dissertação permitem um melhor entendimento dos mecanismos de ventos que atuam na região, subsidiando informações de grande valia para a implementação de modelos atmosféricos regionais, bem como o embasamento técnico e teórico para estudos de projetos de centrais eólicas no Nordeste. Subsidiou, ainda, a identificação dos efeitos das características eólicas do Nordeste no projeto e na operação de turbinas eólicas, fornecendo informações imprescindíveis para o desenvolvimento de um projeto de máquina adaptada para estas condições de vento. E por último, permitem estudos de viabilidade de centrais eólicas mais precisos e representativos, a partir da utilização do Método da Energia Equivalente
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5432
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia Mecânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo7341_1.pdf8.32 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.