Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5422
Título: Estudo exploratório sobre gestão mais sustentável em canteiros de obras na Região Metropolitana do Recife
Autor(es): Priori Junior, Luiz
Palavras-chave: Desenvolvimento sustentável; Construção civil; Gestão de Canteiros de obra
Data do documento: 31-Jan-2011
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Priori Junior, Luiz; Jéferson do Rêgo Silva, José. Estudo exploratório sobre gestão mais sustentável em canteiros de obras na Região Metropolitana do Recife. 2011. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Resumo: Este estudo defende a tese de que os princípios da sustentabilidade podem promover uma melhoria na gestão de obras. O objetivo deste trabalho foi desenvolver uma simples ─ mas coerente e consistente ferramenta ─ através do resultado das discussões e propostas de ações advindas de soluções práticas e indicadores de avaliação, com a finalidade de suscitar recursos técnicos viáveis para uma construção mais sustentável. Com ênfase no papel dos mercados emergentes do mundo em desenvolvimento, dentro do prisma econômico, ambiental e social, como força propulsora do desenvolvimento sustentável. A construção civil em Pernambuco é um setor que ainda emprega métodos praticamente artesanais de produção, em que o Desenvolvimento Sustentável é encarado principalmente como um ônus, e não uma nova oportunidade de negócio para a organização. Avaliando as condições históricas regionais, podese observar a influência da forma de colonização a que a região em estudo foi submetida. O Brasil, por ser um país de extensão continental, apresenta diferenças econômicas regionais bastante acentuadas, refletindo na forma de gestão das empresas. A originalidade desta tese não está apenas em revelar novos conhecimentos, mas juntar estas ideias numa síntese, resultando num processo que oferecerá ferramentas e novos conceitos sobre sustentabilidade dentro de uma nova perspectiva que desafie convenções preconcebidas. Todavia, a abordagem do processo construtivo foi direcionada para a realidade regional, tendo como área de estudo a Região Metropolitana do Recife. Esta tese engaja-se na proposição de que para melhorar a sustentabilidade na construção civil deve-se tentar encontrar soluções que considerem os aspectos regionais. A proposição deste trabalho visa sugerir um modelo gerencial ─ para canteiros de obra ─ mais sustentável à realidade das empresas e adaptado ao dia a dia dos canteiros locais. Entretanto, mesmo que o estudo tenha sido desenvolvido tendo como base uma realidade local, esse fato não impede que os resultados alcançados não possam ser aplicados a empresas de outras regiões, porém sujeitos às devidas adaptações. O desconhecimento dos profissionais gestores de obras a respeito da influência que a adoção de ações de responsabilidade socioambiental ─ muitas vezes de fácil aplicação ─ pode trazer para a melhoria da produtividade dos funcionários e no sistema organizacional do canteiro justifica a realização deste estudo. Na opinião dos engenheiros pesquisados, a gestão de resíduos se constitui na atividade mais relevante para um gerenciamento mais sustentável de obras. Verificou-se que a falta de motivação leva estes profissionais ao desinteresse em relação à adoção de novas tecnologias, o que corrobora com a desambição por buscar inovações. Evidenciando a continuidade na adoção de antigos métodos de gerenciamento e construção, frente à preterição de novas técnicas construtivas que são geralmente mais sustentáveis
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5422
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Engenharia Civil

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo8567_1.pdf6,5 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.