Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5298
Title: Produção de efluente adequado ao reúso urbano e industrial não potável visando a aplicação em instalação sanitária
Authors: MEIRA, Frankslale Fabian Diniz de Andrade
Keywords: Filtro rápido;FILA;Tratamento terciário;Esgoto doméstico;Reúso urbano não potável
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Fabian Diniz de Andrade Meira, Frankslale; Gavazza do Santos Pessôa, Sávia. Produção de efluente adequado ao reúso urbano e industrial não potável visando a aplicação em instalação sanitária. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: Na região Nordeste, dadas as características marcantes da má distribuição sazonal e regional dos recursos hídricos, a prática de reúso deve ser incentivada. Muitas atividades não requerem água potável e dessa forma, centros urbanos destinariam água de melhor qualidade para fins mais nobres. Entretanto, a utilização de água proveniente de Estações de Tratamento de Esgoto - ETEs para descargas em vasos sanitários demanda um sistema duplo de distribuição, o que ainda está em fase de estudo, mas que já se mostrou viável. Com o objetivo de se avaliar a adequabilidade do uso de efluente de reator UASB (Reator Anaeróbio de Manta de Lodo) seguido por filtração terciária - Filtro rápido + FILAs (Filtro Intermitente em Leito de Areia), este sistema foi instalado, em escala piloto, na ETE Mangueira (Recife), tratando esgoto doméstico. O filtro rápido ascendente remove, principalmente, sólidos e turbidez, enquanto que os FILAs, além de removerem tais parâmetros são eficientes, também, na degradação da matéria orgânica, remoção de patógenos e nitrificação. O FR foi idealizado com camada suporte de seixo e leito de areia. Os FILAS foram construídos com camada suporte em brita e leito filtrante em areia. Foram construídos três FILAs variando-se o diâmetro efetivo: 0,5 , 0,7 e 1,2 mm. O experimento foi dividido em duas fases, de acordo com a frequência de aplicação dos FILAs: 8 e 16 vezes por dia. Os padrões de adequação para reúso urbano não-potável foram alcançados em grande parte do tempo. Houve nitrificação satisfatória nos FILAs, foram encontradas médias de turbidez no efluente dos FILAs (1, 2 e 3) de 14,44; 11,80; 11,18 NTU na FASE1 e 5,52; 3,88; 6,59 NTU na FASE2. A maior média de DBO5 no efluente foi de 21,94 mgO2/L. Os coliformes fecais no final do tratamento não se adequaram aos padrões de reúso, tendo apresentado menor valor médio no FILA 1 igual a 1,85·104 NMP/100mL
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5298
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2427_1.pdf3.1 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.