Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5290
Título: Influência do gás de proteção no modo de transferência do metal de adição e nas propriedades mecânicas das juntas soldadas pelos processos GMAW
Autor(es): PEDROSA, Igor Rafael Vilarouco
Palavras-chave: Processos GMAW;Modo de transferência;Propriedades mecânicas
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Rafael Vilarouco Pedrosa, Igor; Artur Sanguinetti Ferreira, Ricardo. Influência do gás de proteção no modo de transferência do metal de adição e nas propriedades mecânicas das juntas soldadas pelos processos GMAW. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: A influência do gás de proteção no modo de transferência do metal de adição e nas propriedades mecânicas associadas foram estudadas neste trabalho. Considerando-se que o tema é pouco explorado no meio científico, a correlação microestrutura / propriedades mecânicas foi realizada para os diferentes processos GMAW. Para a realização deste estudo, foram utilizados gases de proteção disponíveis no mercado: Argônio Puro (Ar), Mistura Stargold Plus (75% Ar / 25% CO2) e o Dióxido de Carbono Puro (CO2). O metal de base utilizado foi o açocarbono de classificação ASTM A36 e o metal de adição utilizado foi o arame de classificação ER70-S6. Os resultados deste estudo mostraram que o modo de transferência do metal de adição passa de globular, quando soldado com o Dióxido de Carbono Puro (CO2), para spray (aerosol) na soldagem com a Mistura Stargold Plus (75% Ar / 25% CO2) ou com o Argônio Puro (Ar). As microestruturas associadas a estes diferentes processos foram caracterizadas macro e microestruturalmente por microscopia ótica (MO) e microscopia eletrônica de varredura (MEV). A microestrutura da junta soldada com o Argônio Puro (Ar) revelou falta de penetração e uma grande densidade de poros. A microestrutura da junta soldada com a Mistura Stargold Plus (75% Ar / 25% CO2) revelou uma pequena densidade de poros e uma completa fusão na raiz. A microestrutura da junta soldada com o Dióxido de Carbono Puro (CO2) revelou uma densidade de poros intermediária em relação às juntas soldadas com os outros gases de proteção. As propriedades mecânicas levantadas foram microdureza e resistência à tração. Os resultados das propriedades mecânicas ratificaram os resultados obtidos com a caracterização microestrutural. As melhores propriedades foram obtidas com a Mistura Stargold Plus (75% Ar / 25% CO2)
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5290
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia Mecânica

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo3813_1.pdf4,8 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.