Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5219
Título: Tratamento de efluentes têxtil em reator UASB seguido de biofiltro aerado submerso
Autor(es): Djalma Nunes Ferraz Júnior, Antônio
Palavras-chave: Efluente têxtil real; Tratamento biológico; Sistema combinado; toxicidade; Ferramentas moleculares
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Djalma Nunes Ferraz Júnior, Antônio; Gavazza do Santos Pessôa, Sávia. Tratamento de efluentes têxtil em reator UASB seguido de biofiltro aerado submerso. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: O desempenho do reator UASB seguido de um biofiltro aerado submerso (BAS) foi avaliado para o tratamento de efluente têxtil. O sistema foi operado durante 210 dias em 3 fases (TDH1, TDH2 e TDH3) com diferentes Tempo de Detenção Hidráulica (TDH, em h) e Carga Orgânica Volumétrica (COV, em kg DQO/m3.d). Em TDH1, o melhor desempenho do reator UASB (TDH de 24, COV de 1,3 ± 0,6) foi alcançado, com eficiências de remoção de DQO e cor de 59% e 64%, respectivamente, os valores correspondentes foram de 77% e 86% para o final efluente. No TDH2, as eficiências foram de 50% e 55% no reator UASB (TDH de 16, COV 1,2 ± 0,3), respectivamente, e 69% e 81% para o efluente final do sistema. Em TDH3, o reator UASB (TDH de 12 e COV de 3,2 ± 1,1) apresentou o pior desempenho com eficiência de remoção de DQO e cor de 48% e 50%, respectivamente, o mesmo ocorrendo no sistema, diminuindo a eficiência correspondente a 69% e 61% . Durante todo o experimento, as eficiências de remoção do sistema foram entre 57% e 88% de nitrogênio, e entre 14% e 63% para o sulfato. O efluente final apresentou moderada toxicidade (CL50) durante TDH1 e TDH3, por outro lado, não foi detectado toxicidade no efluente do sistema ao final do TDH2. Em relação a diversidade microbiana presente nos reatores não foi observado seleção microbiana, apenas adaptação da biomassa, contudo, os resultados mostraram que o tratamento sequencial anaeróbio-aeróbio pode ser promissor para este tipo de indústria
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5219
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia Civil

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo2396_1.pdf2,79 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.