Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5190
Título: Aproveitamento dos finos de Scheelita utilizando concentração centrífuga e lixiviação ácida
Autor(es): FERNANDES, Bruno Rodrigo Borges
Palavras-chave: Rejeito; Concentração centrifuga; Lixiviação; Planejamento fatorial 24
Data do documento: 31-Jan-2011
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Rodrigo Borges Fernandes, Bruno; Octávio Del Vecchio Machado, Áureo. Aproveitamento dos finos de Scheelita utilizando concentração centrífuga e lixiviação ácida. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Resumo: A scheelita é dos poucos minerais portadores do metal tungstênio que apresenta viabilidade econômica para sua exploração. No Brasil ocorre no Seridó, região localizada no sertão do Nordeste brasileiro. A Mineração Tomaz Salustino - Mina Brejuí, localizada no município de Currais Novos/RN, explorou o minério de scheelita desde a década de 40 até enfrentar o período de crise na década de 80, devido à falta de competitividade com o mercado chinês, paralisando suas atividades no ano de 1997. Desde o período de instalação da mina, os métodos e equipamentos rudimentares utilizados não favoreciam o tratamento adequado dos finos de scheelita, gerando um rejeito com quantidades significativas de scheelita e acumuladas por décadas na empresa. O trabalho em questão teve por objetivo o aproveitamento dos finos de scheelita da Mina Brejuí, aliando métodos de concentração centrífuga com métodos hidrometalúrgicos. A amostra foi coletada na pilha de rejeito da empresa e submetida a um estudo com concentrador centrífugo Falcon, o pré-concentrado obtido no estudo foi submetido a etapas de homogeneização/quarteamento, análise de composição química e mineralógica, granulometria por via úmida, análise de composição química por fração granulométrica para identificar a distribuição do WO3, classificação do pré-concentrado em peneira de 177 μm, análise química da fração abaixo de 80 #, e aplicação de lixiviação com ácido clorídrico (HCl). Os testes de lixiviação foram realizados com auxílio de um planejamento fatorial 24, usando as variáveis: concentração da solução de HCl, tempo de reação, temperatura do sistema e a proporção sólido/líquido. As amostras resultantes dos testes foram submetidas ao processo de separação sólido/líquido por filtragem e por fim analisadas as composições químicas dos sólidos. Os testes de lixiviação mostraram que a concentração de HCl é a variável que proporciona maior influência nos resultados, tempo de reação e temperatura também proporcionam influência nos testes. Decomposições de scheelita de até 90,18% sob forma de WO3 foram alcançadas
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5190
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia Mineral

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo7560_1.pdf2,97 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.