Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5160
Title: Análise do padrão de viagens de instituições de ensino superior privadas: um estudo de caso em Recife
Authors: Domingues da Silva, Maurício
Keywords: Padrão de Viagens; Pólos Geradores de Viagens; IES
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Domingues da Silva, Maurício; Leonor Alves Maia, Maria. Análise do padrão de viagens de instituições de ensino superior privadas: um estudo de caso em Recife. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: A Cidade do Recife, como grande parte dos municípios brasileiros, apresenta sérios problemas de uso e ocupação do solo, em função, muitas vezes, da implantação de edifícios e/ou empreendimentos urbanos, os chamados Pólos Geradores de Viagens - PGVs, que provocam impactos na circulação, na estrutura urbana e no meio ambiente, interferindo, diretamente, na qualidade de vida da população. A presente pesquisa volta-se para a análise dos padrões de viagem de um PGV procurando avaliar as principais características qualitativas de uma Instituição de Ensino Superior enquanto PGV. Trata-se de uma temática ainda pouco estudada, uma vez que a prioridade dos estudos realizados está concentrada em um determinado tipo de PGV os shoppings centers, pela influência dos mesmos na circulação e na ocupação da estrutura urbana. O estudo foi desenvolvido na Faculdade Boa Viagem - FBV, uma Instituição de Ensino Superior privada que possuindo vários campi na Cidade do Recife veio a se constituir em um importante Pólo Gerador de Viagem. Partindo da concepção da necessidade do conhecimento da temática abordada, objetivando o aprimoramento da legislação urbanística e de um melhor planejamento do transporte urbano, foram envolvidos professores, funcionários e alunos da FBV em seus diferentes campi. Como procedimentos metodológicos seguiram-se várias etapas tais como: elaboração do quadro teórico-conceitual, aplicação de questionário envolvendo os usuários regulares da instituição para obtenção das informações necessárias à caracterização do padrão de viagens e procedida a análise dos resultados obtidos. Na análise do padrão de viagens da FBV, objeto desta pesquisa, foram levadas em consideração as seguintes premissas: a variabilidade do padrão de viagem de acordo com o nível socioeconômico dos usuários regulares da IES; a distribuição modal de chegada e saída da IES, observando-se a distância, o local, o tempo de viagem e o horário de realização dos deslocamentos; bem como, o modo de transporte predominante utilizado pelos usuários regulares da instituição e na oferta de transporte público. Como resultado destaca-se a predominância do uso do automóvel para a realização dos deslocamentos, mesmo em viagens de pequenos percursos, pela maioria dos seus usuários, justificado pelo padrão socioeconômico de maior poder aquisitivo apresentado pelos mesmos, o que vem provocando impactos negativos sobre a circulação e a necessidade eminente da existência de vagas de estacionamento suficientes para os veículos utilizados por aqueles usuários. O conhecimento do padrão de viagens de uma instituição de ensino superior enquanto PGV constitui-se numa importante ferramenta para o aprimoramento da legislação urbanística sobre Pólos Geradores de Viagens, para o planejamento de transportes e para a discussão de mecanismos de promoção do desenvolvimento urbano das cidades
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5160
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2292_1.pdf8.82 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.