Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5143
Título: O gesso na indústria da construção civil: considerações econômicas sobre utilização de blocos de gesso
Autor(es): ROCHA, Carlos Augusto Laranjeira da
Palavras-chave: Gipsita;Gesso;Divisórias;Economia;Construção Civil
Data do documento: 2007
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Augusto Laranjeira da Rocha, Carlos; de Carvalho Pinto, Dorival. O gesso na indústria da construção civil: considerações econômicas sobre utilização de blocos de gesso. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Resumo: O objetivo desse trabalho é um estudo dos benefícios e custos conseqüentes da utilização do gesso e seus derivados, em substituição aos materiais convencionais, na indústria da construção civil. Outro aspecto analisado é a incrementação das informações a respeito do gesso e o auxilio desse material no desenvolvimento de novos recursos e tecnologias. Foi feito um comparativo entre as vantagens e desvantagens da utilização dos produtos derivados da gipsita como material na indústria da construção civil, a fim de verificar quantitativamente qual a real implicação da substituição dos blocos de cerâmica (alvenaria) pelos blocos de gesso nas vedações internas sem função estrutural. Em termos de redução de volume de material é feito um comparativo entre dez edificações em cinco alturas distintas. O estudo comparativo dos impactos econômicos, conseqüente da utilização do gesso e seus derivados versus materiais convencionais, será desenvolvido com pelo menos duas amostras de edificações e através de empresas de engenharia, onde serão coletados todos os dados necessários para análise. Este estudo será realizado na seguinte ordem: 1. Pesquisa bibliográfica e coleta das características técnicas dos materiais em análise. 2. Estudo da competitividade do gesso em conseqüência dos dados apurados e em função das suas inerentes características. 3. Análise de viabilidade econômica. Inicialmente foi feita a coleta dos custos de cada material analisado. Em seguida, em conseqüência do uso desses materiais, buscou-se a influência na economia do volume de concreto e ferragem sobre a fundação. Na terceira etapa, forão levantados os custos de execução da obra. Finalmente, na última etapa, foi feita uma avaliação de como os dados apurados influenciam na competitividade do gesso e derivados no setor da construção civil. Conforme os resultados obtidos neste trabalho, torna-se evidente a necessidade de uma avaliação mais abrangente, por haver uma redução nos custos não muito expressiva (salvo se essa redução for aplicada no mercado financeiro), pois é muito elevado o preço do bloco do gesso. Isso só mudaria se o resultado geral minimizasse os custos e maximizasse os lucros. Finalizando, este trabalho incrementou as informações a respeito do gesso, bem como, auxiliar no desenvolvimento de novos materiais e tecnologias; promovendo assim, conhecimentos que possam contribuir para melhoria da qualidade da oferta dos materiais e colaborando na minimização dos problemas da habitação no Brasil
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5143
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia Mineral

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo3355_1.pdf1,74 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.