Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5105
Title: Mensuração da eficiência da gestão municipal através da análise multivariada regressão linear múltipla: um estudo dos municípios do Estado da Paraíba
Authors: Firmino da Silva Neto, Antonio
Keywords: Regressão múltipla; Eficiência governamental; Administração pública; Gestão municipal
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Firmino da Silva Neto, Antonio; de Sá Barreto Sampaio, Yony. Mensuração da eficiência da gestão municipal através da análise multivariada regressão linear múltipla: um estudo dos municípios do Estado da Paraíba. 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: O presente trabalho teve como objetivo formular um modelo de regressão múltipla que ajuda a equipe governamental a planejar as ações do governo, bem como predizer alterações futuras do Índice de Desenvolvimento Humano municipal IDH-M explicado pela variação de algumas variáveis contábeis e não contábeis dos municípios do estado da Paraíba no período de 1991 e 2000. O interesse surgiu pelo fato do modelo de regressão múltipla fornecer informação que possa direcionar a gestão e aplicação dos recursos. Este trabalho tem caráter de pesquisa explicativa com análise quantitativa e qualitativa, de forma que a primeira oferece a base quântica enquanto que a segunda preocupa-se em detalhar a análise mais profunda. Os procedimentos metodológicos utilizados traduzem-se quantos aos objetivos como descritiva; quanto aos procedimentos técnicos, o estudo é bibliográfico e documental, utilizando fontes documentais primárias e secundárias; quanto aos resultados foi utilizada análise multivariada do tipo regressão linear múltipla aplicando software WinRATS versão 7.0, com auxílio do método Stepwise. Foram coletados dados do IDH-M como variável dependente e independente a variação das variáveis contábeis e não contábeis para os períodos de 1991 e 2000, sendo os valores absolutos transformados em dados per capita. Para alcançar os objetivos, foram testadas oito hipóteses de pesquisa. Conclui-se que a variação do IDH-M possui relação com as variáveis de distância do município a capital, variação da mortalidade, variação da taxa de alfabetização, variação do nível de escolaridade, variação do percentual de enfermeiros, variação de médicos por cada 1.000 habitantes, variação da receita de transferências correntes per capita, variação da despesa de investimento per capita e variação da despesa de inversão financeira per capita. Assim, o gestor pode utilizar-se da regressão linear múltipla para justificar cortes de despesas ou aumento dispêndios em certos segmentos da administração pública
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5105
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo320_1.pdf1.5 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.