Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5090
Título: Proteger : modelo para implementação de sistema de gestão de segurança do trabalho
Autor(es): Correia, Walter Franklin Marques
Palavras-chave: Engenharia de Produção; Segurança do Trabalho; Modelo Proteger Segurança Ocupacional; OHSAS 18001 - Norma Certificadora
Data do documento: 2007
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Franklin Marques Correia, Walter; Dumke de Medeiros, Denise. Proteger : modelo para implementação de sistema de gestão de segurança do trabalho. 2007. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Resumo: As diversas problemáticas acerca da segurança do trabalho, vivenciadas atualmente, dão margem para muitos questionamentos, os quais algumas vezes permanecem sem respostas. A competição acirrada, a globalização, as menores distâncias entre os mercados e a rápida aceleração nos processos produtivos evidenciam uma realidade que ainda está sendo assimilada pouco a pouco pelos trabalhadores de uma maneira geral, e com uma maior morosidade para aqueles que não têm livre e irrestrito acesso às informações. Tal aceleração traz consigo uma gama de especificidades com as quais o ser-humano ainda não se acostumou por completo, isto é, ainda está em um processo de adaptação em que o fator cognitivo é muito presente e que muitas vezes fere princípios de ergonomia, segurança entre outros que desconsideram as capacidades e as limitações humanas. Dentro das organizações a realidade não é diferente, e as tecnologias que são apresentadas aos funcionários, muitas vezes sem uma preparação, tornam-se mais inimigos do que aliados na árdua luta com a competitividade. O presente estudo realizado no Brasil e em Portugal leva em consideração tais aspectos em suas mais amplas dimensões, trazendo ao conhecimento comum problemáticas e soluções presentes no mundo real ligados ao tema. Este, como um instrumento em prol da ciência e da atividade laboral mais digna e segura, desenvolveu o modelo PROTEGER, o qual apresenta uma metodologia baseada na norma certificadora OHSAS 18001 - Occupational Health and Safety Advisory Services (Serviços de Avaliação em Saúde e Segurança Ocupacional) e nos estudos de Checkland sobre problemas não estruturados ou os chamados soft problems . O modelo desenvolvido versa em sua plenitude acerca das questões relativas à segurança do trabalho (ST) e tem como principal objetivo servir de modelo para implementação e/ou melhoria de um sistema de gestão nesta área, os chamados SGST. Uma vasta revisão na literatura acerca de sistemas de gestão, ergonomia, competitividade, certificações, etc, além da análise e avaliação de artigos na área e outros recursos que aliados às experiências, entrevistas e aprendizagem recolhida com o estudo em Portugal, conferem a tese um embasamento prático-teórico para sua validação como uma ferramenta prática em prol da qualidade de vida dentro de empresas, bem como para futuros trabalhos e estudos na área
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5090
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Engenharia de Produção

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo7299_1.pdf7,57 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.