Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/509
Título: Um/uma jovem separado/a no mundo : igreja, juventude e sexualidade na perspectiva de jovens da Assembléia de Deus em Recife PE
Autor(es): de Fátima Paz Alves, Maria
Palavras-chave: Religião; Juventude; Sexualidade
Data do documento: 31-Jan-2009
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: de Fátima Paz Alves, Maria; Parry Scott, Russell. Um/uma jovem separado/a no mundo : igreja, juventude e sexualidade na perspectiva de jovens da Assembléia de Deus em Recife PE. 2009. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Antropologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Resumo: Focalizamos neste trabalho o sentido de ser jovem assembleiano/a, destacando o modo como moças e rapazes adeptos da Assembléia de Deus, em Recife/PE, representam e vivenciam sua vida afetiva e sexual. O mesmo tem por base entrevistas com jovens e adultos/as afiliados/as e ex-afiliados/as desta denominação, observação de situações, contextos formais e informais em que estavam presentes ou em foco jovens com tal perfil. Fazer parte de uma denominação como a AD revela à assunção de uma distinção, marcando especificidades para o/a jovem em particular. Implica menos numa renúncia que numa escolha que se atrela à incorporação e disposição de capitais sociais, culturais e simbólicos relacionados, em grande medida à aquisição de conhecimentos e habilidades, vivência de vínculos e formação de redes; que adquirem contornos particulares em função de nuances relativos à níveis de escolaridade e renda, localização de centro e periferia, gênero e origem ou criação (ou não) em família evangélica. A sexualidade mostra-se central ao ethos da AD, enfatizando-se certo tipo de moral rigorista, associado principalmente ao controle das mulheres; que mais que outros preceitos, diferenciaria o/a jovem assembleiano/a dos/as demais. Um/uma jovem separado/a no mundo se aproxima de modo mais acurado do que revela a análise, considerando que os/as jovens, em suas diferenças e recortes internos, estão envolvidos crescentemente com valores e injunções individualistas que se tornam hegemônicos nos dias atuais. Não estando livres, notadamente, nos contextos populares, da associação a uma lógica relacional/holista . As noções de uma combinação complexa entre dimensões da cultura tradicional e das ideologias modernizantes nos pareceu adequada à compreensão das múltiplas facetas que envolvem o objeto em análise
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/509
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Antropologia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo1092_1.pdf1,16 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.