Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5073
Título: Estudo do modelo de famílias de distribuições de probabilidade baseado em programação matemática
Autor(es): SILVA, Alane Alves
Palavras-chave: Incerteza; Programação matemática; Edução; Famílias de probabilidade
Data do documento: 2007
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Alves Silva, Alane; Menezes Campello de Souza, Fernando. Estudo do modelo de famílias de distribuições de probabilidade baseado em programação matemática. 2007. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Resumo: Desde tempos imemoriais, o homem tem aprendido a lidar com a incerteza na busca de dirimir perdas advindas de fatores imprevisíveis. Várias teorias de probabilidade surgiram na busca de evoluir nesse aprendizado, sendo a teoria de probabilidade proposta por Kolmogorov a mais utilizada. No entanto ela deixa de atender a uma serie de situações. Muito tem sido desenvolvido para trabalhar essas situações nas quais a probabilidade clássica falha como, por exemplo, a capacidade de Choquet, a teoria da evidência de Dampster-Shafer, probabilidades superiores e inferiores, entre outras. Este trabalho continua o desenvolvimento do modelo de representação e cálculo da incerteza introduzido em Campello de Souza (1993), baseado em programação linear, cujos últimos resultados estão em Campello de Souza (2007). O modelo usa famílias de distribuições de probabilidade para representar e quantificar a incerteza. Algumas aplicações do modelo na edução do conhecimento de especialistas foram feitas e um novo indicador para medir a habilidade inferencial dos especialistas foi proposto. O modelo foi utilizado para trabalhar a inferência estatística quando os dados são escassos, trabalhando-se as estimativas de médias de distribuições de probabilidade, as quais foram comparadas com o método da freqüência relativa. O construto Decidabilidade foi usado para medir a associação entre duas variáveis aleatórias. Foi verificado que tal construto é linearmente correlacionado com a correlação de Pearson
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5073
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Engenharia de Produção

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo7268_1.pdf1,02 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.