Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5026
Title: Estudo da utilização da xantana e hipoclorito de sódio como estratégia para controle da biocorrosão
Authors: Horacio de Oliveira, Sara
Keywords: Aço carbono; Biocorrosão; Biofilmes; Água do mar; Biocidas
Issue Date: 31-Jan-2010
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Horacio de Oliveira, Sara; Leopoldino Urtiga Filho, Severino. Estudo da utilização da xantana e hipoclorito de sódio como estratégia para controle da biocorrosão. 2010. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Abstract: A corrosão é um problema sério em diversos ramos de atividades, principalmente no industrial, sendo responsável por enormes prejuízos. Quando a corrosão de um material sofre influência da atividade microbiana é denominada de biocorrosão. O mecanismo deste processo envolve o crescimento de micro-organismos em uma superfície com formação de biofilmes, que agregados de forma não uniforme, promovem um aumento no processo corrosivo da superfície. Os biofilmes podem ser neutros, protetores ou prejudiciais. Os efeitos deles, vantajosos ou adversos, realçam a sua importância nos processos naturais e industriais, alertando para a necessidade do seu estudo e para o desenvolvimento de estratégias de exploração. As medidas técnicas de controle podem englobar métodos físicos, químicos e processuais. Quando medidas preventivas e métodos físicos não são suficientes para evitar a acumulação de biofilmes, recorrem-se geralmente à aplicação de substâncias químicas com propriedades antimicrobianas, propriedades tensoativas e/ou dispersantes; cujos mecanismos de ação passam pela fragilização da matriz polimérica dos biofilmes, pelo enfraquecimento das interações biofilme-superfície de adesão, e pela dispersão de depósitos biológicos, ou mesmo pela prevenção da formação de biofilmes. Estas substâncias, ao fazerem a dispersão das populações microbianas e/ou as substâncias poliméricas incorporadas no biofilme para o seio da fase líquida, favorecem o processo de controle dos biofilmes, pois tornam os microorganismos mais susceptíveis à ação dos agentes antimicrobianos. Este estudo teve a finalidade de investigar formas de diminuição da reação de corrosão, através da utilização de filmes microbianos que sirvam de barreira contra a corrosão. Foi testado um biofilme vivo de Pseudomonas aeruginosa e biofilmes com goma xantana. Também foi analisada a mistura do biocida hipoclorito de sódio associado à ação da xantana como estabilizante e dispersante. O material utilizado foi cupons de aço carbono e água do mar proveniente do complexo portuário de SUAPE-PE, em sistemas estáticos e dinâmicos, com regimes de escoamento laminar e turbulento. Os resultados mostraram que a xantana e/ou a associação hipoclorito de sódio e xantana diminuíram as taxas de corrosão das superfícies dos aços carbono utilizados nos sistemas estáticos e dinâmicos
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5026
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Engenharia Mecânica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo8441_1.pdf6.81 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.