Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5013
Title: Avaliação petrográfica e experimental de agregados graúdos afetados por deformação tectônica, desenvolvimento de minerais de alteração e texturas de exsolução
Authors: Gomes do Prado, Adelson
Keywords: Reação álcali-agregado; Zona de falhas; Minerais de alteração
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Gomes do Prado, Adelson; Manoel Pereira Carneiro, Arnaldo. Avaliação petrográfica e experimental de agregados graúdos afetados por deformação tectônica, desenvolvimento de minerais de alteração e texturas de exsolução. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: A deterioração do concreto devido à reação álcali-agregado (RAA) é um problema observado no mundo inteiro. Estruturas geológicas apresentando zonas de falhas são originadas devido a movimentos tectônicos em regimes deformacionais compressivos, distensivos e cisalhantes. Rochas próximas a zonas de falha geralmente exibem características mineralógicas inadequadas ao uso como agregado para concreto. Esta pesquisa avaliou as características microestruturais de seis amostras de rocha de pedreiras próximas a zonas de cisalhamento e falhas da região leste do estado de Pernambuco situada na Província da Borborema. O objetivo deste estudo é avaliar petrograficamente e experimentalmente agregados graúdos afetados por deformação tectônica, especialmente no que se referem aos diferentes padrões texturais e mineralógicos. A mineralogia principal, presença de minerais de alteração secundária e as texturas de exsolução foram observadas para tentar descobrir seu efeito na RAA. Os métodos aplicados foram análises petrográficas e ensaios laboratoriais de reatividade para medição da expansão linear de corpos-de-prova. As análises petrográficas foram realizadas usando microscópio ótico através de lâminas delgadas. Das seis amostras analisadas, as ocorrências que evidenciaram maior reatividade aos álcalis foram a presença de quartzo microcristalino proveniente da recristalização dinâmica. Essas amostras foram as que estavam situadas mais próximas a zonas de falhas. Também foi verificado o importante papel do quartzo com desenvolvimento de subgrão na reatividade, e em menor grau o quartzo com extinção ondulante. As texturas mirmequíticas e pertíticas não evidenciaram influência no aumento da reatividade das rochas analisadas neste estudo. Adicionalmente, os ensaios de expansão, de um modo geral, foram coerentes com as observações mineralógicas encontradas. Finalmente, foi observada, através de imagens microscópicas pela técnica de MEV acoplado a WDS, a presença do gel sílico-alcalino da reação recobrindo a superfície de poros e agregados
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5013
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia Mineral

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo3324_1.pdf1.94 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.