Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4758
Título: Educação, trabalho e a mutação do sindicalismo: estudo do Programa Integrar de Qualificação Profissional da CNM/CUT no Estado de Pernambuco
Autor(es): Regina Paz da Silva, Sandra
Palavras-chave: Fundo de Amparo ao Trabalhador; Qualificação profissional
Data do documento: 2003
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Regina Paz da Silva, Sandra; de Oliveira, Ramon. Educação, trabalho e a mutação do sindicalismo: estudo do Programa Integrar de Qualificação Profissional da CNM/CUT no Estado de Pernambuco. 2003. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.
Resumo: Este estudo analisa o Programa Integrar de Qualificação Profissional, elaborado e executado pela CNM-CUT, no âmbito do Plano Nacional de Qualificação Profissional (PLANFOR), em parceria com a Secretaria Estadual de Planejamento e Desenvolvimento Social do Estado de Pernambuco, financiado com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador. A metodologia consistiu em um estudo de caso. Utilizamos como procedimento metodológico entrevista semi-estruturada, composta de uma amostra de 11 (onze) sujeitos. Entre outras fontes documentais concentramos este estudo nas resoluções dos principais congressos da CUT e da CNM sobre qualificação profissional, como, também nos livros didáticos produzidos por essas instituições. O processo de investigação revelou que as transformações de base científica tecnológica produziram significativas alterações na qualificação profissional, sendo ela, hoje, predominante no discurso do Estado, dos empresários e das centrais sindicais. A qualificação, que antes era delegada ao empresariado, hoje se estende à ação estratégica do movimento sindical cutista, o qual passou a atuar como um dos principais propositores dessa ação. O Programa Integrar de Qualificação Profissional tem se diferenciado das propostas de qualificação que apenas atendem às exigências mercadológicas de qualificação. Ao final da investigação, chegamos à conclusão de que a formação ministrada tem um caráter político que permite ao cursista desenvolver uma visão ampla e crítica dos processos desencadeados no mundo do trabalho, não reduzindo a qualificação ao aspecto meramente tecnicista, sendo ela integradora da técnica e da política; uma expressão da mutação do sindicalismo cutista
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4758
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Educação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo5876_1.pdf651,82 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.