Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4691
Title: A construção do saber escolar nos ciclos iniciais do Ensino Fundamental : um estudo da prática pedagógica das professoras de uma escola pública
Authors: Maria do Nascimento, Débora
Keywords: Ciclos; Prática Pedagógica; Saber Escolar; Currículo
Issue Date: 2005
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Maria do Nascimento, Débora; Maria de Oliveira Melo, Márcia. A construção do saber escolar nos ciclos iniciais do Ensino Fundamental : um estudo da prática pedagógica das professoras de uma escola pública. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Abstract: Este estudo procurou compreender a prática pedagógica dos/as professores/as dos ciclos iniciais do ensino fundamental, no processo de construção do saber escolar. Nesse sentido, partindo do entendimento do currículo enquanto campo de pesquisa e prática pedagógica, considerou-se a prática pedagógica como uma prática social complexa e intercruzada por saberes e práticas diversas. Os estudos de Bernstein (1996) sobre a constituição do Discurso Pedagógico-DP, aliados a algumas noções dos estudos do cotidiano desenvolvidos por Certeau (2003), possibilitaram que se construísse um quadro teórico-metodológico, onde a observação do conjunto das práticas das professoras desenvolvidas no cotidiano e as entrevistas semi-estruturadas foram os instrumentos privilegiados de coleta de dados, seguida de uma análise interpretativa desses dados, com base na análise de conteúdo em Bardin (1977). A realidade investigada apontou que, nesse contexto de inovações curriculares, as professoras dominam as regras de reconhecimento desse discurso inovador, por exemplo, sobre a questão da avaliação e do ensino dos conteúdos. No entanto não dominam as regras de realização desse discurso, vez que, tanto nos discursos quanto na prática, estas professoras revelam uma série de dificuldades e contradições no processo de mudança da prática pedagógica, a partir dos princípios propostos por essas inovações curriculares. Concluiu-se que, a pouca (ou quase ausência de) discussão coletiva das ações pedagógicas, no cotidiano, favorece o desenvolvimento de uma rotina pedagógica , que contribui para que os conhecimentos recontextualizados pelas professoras sejam influenciados, muito mais pelos condicionantes externos (políticas e diretrizes curriculares e livro didático), do que pelo processo de reflexão e de decisão coletiva no contexto escolar
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4691
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo5794_1.pdf748.15 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.