Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4683
Title: Política de transferência de renda e educação: um estudo sobre o programa bolsa-família a partir da percepção de mães e estudantes beneficiários e suas repercussões no meio escolar
Authors: Cunha Motta, Thalita
Keywords: Programa Bolsa-Família; Repercussões na Escola; Percepções das famílias e atores escolares; Caicó; São João do Sabugi.
Issue Date: 31-Jan-2011
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Cunha Motta, Thalita; Maria Lins de Azevedo, Janete. Política de transferência de renda e educação: um estudo sobre o programa bolsa-família a partir da percepção de mães e estudantes beneficiários e suas repercussões no meio escolar. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Abstract: Esta dissertação analisa a percepção de pais, alunos, professores e gestores a respeito do Programa Bolsa-Família (PBF) e suas repercussões no meio escolar, a fim de avaliarmos as implicações do vínculo entre o campo educacional e a política de transferência de renda do PBF. Por meio de uma perspectiva histórico-crítica, buscamos contextualizar o PBF e suas relações com a área da Educação. Para isso, utilizamos na pesquisa uma metodologia quanti-qualitativa, realizando uma avaliação do PBF como política pública, apoiada na concepção das políticas como ―programas de ação‖ (AZEVEDO, 2004). Tomamos, por delimitação espaço-temporal, elementos do período compreendido entre a redemocratização do Estado brasileiro a primeira década dos anos 2000, bem como elementos do contexto internacional, como estratégia de contextualização do objeto. Selecionamos quatro famílias de estudantes, beneficiários do PBF, e duas escolas de Ensino Fundamental em que eles estudaram o que significou a realização desta parte do estudo nos municípios de Caicó e São João do Sabugi. Utilizamos, como fonte de dados, os documentos nacionais do PBF e os Projetos Político-pedagógicos das escolas, entrevistas semiestruturadas, junto aos estudantes, suas mães, gestoras e professores das duas unidades escolares, além de dados secundários sobre os alunos, coletados no IFRN, e dados advindos de observações. No tratamento dos dados, realizamos a categorização das informações, através do procedimento da Análise de Conteúdo. Nossa análise, dentre outros aspectos, evidenciou a ocorrência de modificações, no acompanhamento da frequência dos estudantes pesquisados e o favorecimento da integração das ações das escolas com as Secretárias municipais. Na amostra pesquisada identificamos que a bolsa não é fator determinante para que os alunos se escolarizem. Observamos também que a tendência dos gestores e professores é de conceberem a bolsa como um recurso a ser usado exclusivamente no apoio às atividades escolares e, portanto esboçam uma percepção limitada daquilo que o PBF se propõe. Ainda que este programa venha se mostrando de grande importância para as famílias dos nossos resultados, a exemplo de outros estudos, indicaram a necessidade de aprimoramento técnico das políticas sociais de atendimento às famílias, mediante extensão de objetivos e propostas sócio e eticamente construídas, por intermédio de um debate amplo e consistente do projeto de sociedade que consiga garantir condições não só mínimas, mas dignas de vida da sua população
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4683
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo5749_1.pdf1.37 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.