Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4589
Title: A escolha e possibilidade de uso de softwares educativos: a ótica de professores do estado de Pernambuco
Authors: SILVA, Paulo André da
Keywords: Software educativo;Software livre;Mediação pedagógica;Tecnologia educacional
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: André da Silva, Paulo; Smith Cavalcante, Patrícia. A escolha e possibilidade de uso de softwares educativos: a ótica de professores do estado de Pernambuco. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007.
Abstract: Esta pesquisa buscou identificar os critérios de escolha de softwares educativos (SE) para uso pedagógico na escola, por professores de matemática e ciências da natureza, do ensino médio em Pernambuco. Partimos da hipótese de que as opiniões dos professores em relação aos softwares educativos trariam contribuições pertinentes para o processo de avaliação desses softwares, proporcionando maior qualidade e direcionamento destes para as necessidades prementes dos professores no ambiente escolar. Respaldamos nosso marco teórico sobre os seguintes aspectos: 1. as políticas públicas para inserção da tecnologia da informação e comunicação (TIC) nas escolas; 2. avaliação de software, especialmente a perspectiva apontada por Salvat (1994), a qual indica três etapas integradas produto, usuário e contexto; e 3. os critérios de escolha e possibilidades de uso dos SE pelos professores. A metodologia foi desenvolvida em duas etapas complementares. A primeira etapa compreendeu a aplicação de questionários junto a professores da rede pública estadual de ensino da cidade do Recife, com o objetivo de investigar as suas concepções em relação aos conhecimentos sobre informática e sobre os softwares educativos (SE). A segunda etapa consistiu em um estudo de caso com cinco professores, os quais foram entrevistados com o objetivo de analisar a demanda específica em relação aos SE. Nossos resultados apontaram para: 1. inviabilização de uso dos recursos computacionais decorrente de falta de infra-estrutura e/ou da gestão escolar; 2. uma postura de distanciamento de uso de SE pelos professores em contexto de sala de aula; e 3. uso de SE por alguns professores, quando em condições estruturais para tal, desassociado da ação dos alunos sobre os softwares. Intentamos, com esta pesquisa, fornecer elementos concretos da prática docente que possam ser considerados para o processo de avaliação de software educativo, considerando aspectos não apenas da ordem do objeto, mas também do sujeito e do contexto que o SE é efetivamente utilizado. Além do aspecto avaliativo, buscamos expor a prática pedagógica de uso dos recursos computacionais, considerando o atual contexto de crescimento de investimento das políticas públicas nesta área
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4589
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo5520_1.pdf1.96 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.