Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4470
Título: Inserção internacional do Nordeste brasileiro : o caso da Bahia, Ceará e Pernambuco
Autor(es): Lima, Rivaldo Soares de
Palavras-chave: Economia nordestina;Paises desenvolvidos
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Soares de Lima, Rivaldo; Barrantes Hidalgo, Álvaro. Inserção internacional do Nordeste brasileiro : o caso da Bahia, Ceará e Pernambuco. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Economia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: A intensificação dos fluxos comerciais em maior velocidade que os movimentos de expansão da produção mundial e o processo de formação de acordos comerciais oferecem ao Brasil e à Região Nordeste a possibilidade de uma inserção internacional, desenvolvendo um modelo de crescimento voltado para o mercado externo. Nesse processo, os países desenvolvidos têm colocado barreiras tarifárias e não-tarifárias, estabelecendo grupos de países preferenciais para importação de seus produtos, dos quais o Brasil está excluído por ser considerada nação em desenvolvimento. Nesse contexto, focou-se a atenção na Região Nordeste, particularmente nos estados da Bahia, Ceará e Pernambuco. O estudo é conduzido com base nos modelos teóricos de livre comércio desenvolvidos por: Ricardo, Heckscher e Olhin, Samuelson e Krugman. Verifica-se a composição da pauta de exportações dos estados selecionados, realiza-se uma caracterização da economia nordestina, das áreas produtoras, da evolução das exportações, dos principais destinos dos produtos nordestinos exportados pelos três estados. Em seguida, estuda-se a contribuição do financiamento do BNDES às exportações nordestinas, salientando a concentração dos recursos nos três estados representativos. Faz-se uma apresentação da classificação das exportações dos três estados (BA, CE e PE) em relação a intensidade tecnológica. Relata-se as iniciativas da política industrial brasileira e dos seus reflexos sobre o Nordeste brasileiro. Além disso, estuda-se a evolução recente das importações de bens de capital, da influência das taxas de câmbio e de juros sobre esses fluxos, comparando-se com a capacidade de importação do País
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4470
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Economia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo6083_1.pdf5,48 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.