Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4462
Title: A construção de uma identidade docente inclusiva e os desafios ao professor-formador
Authors: Flávia Teodoro de Mendonça Oliveira, Ana
Keywords: Inclusão;Identidade;Saberes docentes;Pessoas com deficiência;Professores formadores
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Flávia Teodoro de Mendonça Oliveira, Ana; Martins de Araújo, Clarissa. A construção de uma identidade docente inclusiva e os desafios ao professor-formador. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: O presente trabalho busca compreender como tem se dado o processo de construção da identidade do aluno docente no curso de formação inicial, a partir dos saberes docentes do professor-formador e se essa identidade construída é inclusiva. A pesquisa foi realizada com professores-formadores do curso de Pedagogia e com alunos-docentes do segundo, do quinto e do sétimo períodos do referido curso, onde se utilizou como instrumentos o questionário e a entrevista não-estruturada. A análise de conteúdo dos dados da pesquisa permitiu concluir que, de maneira geral, a grande maioria dos professores-formadores apresenta concepções integradoras, realiza uma prática pedagógica excludente, não mobiliza saberes relacionados à educação da pessoa com deficiência ou quando mobiliza não o faz sob uma perspectiva inclusiva. Entretanto, ao voltar à análise ou o olhar para o aluno-docente foi possível encontrar uma identidade construída ou em processo de construção pautada em princípios inclusivos. Noutras palavras, pode-se dizer que esses alunos em sua grande maioria apresentam concepções inclusivas, o que fica evidente não só pelo fato de considerar que as pessoas com deficiência devem estar na sala de aula regular, mas também por fazer referência à importância de se respeitar as diferenças e fazer com que todos se sintam bem vindos à escola. Observou-se, no entanto, que os saberes mobilizados pelos professores-formadores ao longo do curso tiveram pouco impacto sobre a mudança de concepção construída pelos alunos-docentes em relação à educação das pessoas com deficiência. Pelos depoimentos, esses em sua grande maioria reconheceram que a mudança na forma de ver a pessoa com deficiência não foi proveniente dos saberes teóricos construídos em sua formação, mas atribuem essa mudança à relação estabelecida com os colegas surdos em sala de aula regular, na Universidade. Constata-se, portanto, que as experiências vividas em sala de aula com os colegas surdos abalaram as crenças, as certezas e as representações que os mesmos tinham a respeito das pessoas com deficiência, contribuindo assim para a construção de uma identidade mais inclusiva
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4462
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo5313_1.pdf977.82 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.