Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/445
Title: Guanxi nos trópicos : um estudo sobre a diáspora chinesa em Pernambuco
Authors: de Araújo Silva, Marcos
Keywords: Diáspora Chinesa;Identidade Étnica;Guanxi;Transnacionalismo Econômico e Religioso
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: de Araújo Silva, Marcos; Tito Figueiroa de Medeiros, Bartolomeu. Guanxi nos trópicos : um estudo sobre a diáspora chinesa em Pernambuco. 2008. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Antropologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: Este estudo investiga o fenômeno da diáspora chinesa no estado de Pernambuco e tem como principal elemento de análise os possíveis processos de construção da identidade étnica dos integrantes desta heterogênea comunidade imigrante. A investigação etnográfica foi efetuada nas cidades de Recife, Olinda e Caruaru, mas precisamente em ambientes onde estes imigrantes convivem e desenvolvem, entre si e entre grupos sociais locais compostos por brasileiros, dinâmicas relacionadas a estratégias e à organização social de distintividades culturais: lojas de produtos importados nos Bairros de São José e Santo Antonio (Recife) e na “Feira do Paraguai” (Caruaru), restaurantes e lanchonetes chinesas em Recife e Olinda, dois consultórios de medicina tradicional chinesa, o Centro Cultural e Educacional Brasil China (CCEBC) e a Igreja Batista Emanuel no Recife e o Templo Budista FGS (Olinda). A partir dos dados, dos depoimentos coletados e da reflexão acerca de conceitos como capitalismo étnico, guanxi e modernidade alternativa, percebe-se que esses imigrantes, tanto da primeira quanto da segunda geração, constroem e vivenciam identificações étnicoculturais transnacionais que afetam a maneira como se reconhecem, se relacionam com os “outros”, interpretam os acontecimentos ao seu redor e os vivenciam em suas vidas cotidianas. Por fim, o estudo problematiza a hipótese de que tais identificações re-significam e redimensionam tensões culturais entre o Oriente e o Ocidente e evidenciam a necessidade de ampliar e relativizar visões a respeito do que seria “ser chinês” na contemporaneidade
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/445
Appears in Collections:Teses de Doutorado - Antropologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1062_1.pdf1.85 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.