Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4410
Título: Deixem que digam, que pensem, que falem: a homofobia na visão dos formandos de Licenciaturada UFRPE
Autor(es): TAVARES, Liliana Barros
Palavras-chave: Homofobia; Formandos em licenciatura; Heteronormatividade; Teoria Queer; Educação queer
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Barros Tavares, Liliana; Luíza Neto Siqueira, Maria. Deixem que digam, que pensem, que falem: a homofobia na visão dos formandos de Licenciaturada UFRPE. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: Este trabalho investiga o posicionamento dos formandos em Licenciatura da UFRPE sobre a homofobia em sala de aula. A pesquisa, realizada primeiramente por meio de um questionário, procurou levantar dados sobre o que os formandos sabem e pensam a respeito da homossexualidade. Em seguida, por meio de entrevistas semidirigidas, buscou-se um aprofundamento das informações coletadas pelo questionário. Os resultados obtidos parecem evidenciar que a homofobia, entre esses formandos, encontra-se, na maioria das vezes, suavizada por um discurso de tolerância. Porém, em geral, suas atitudes perante manifestações de homofobia em sala de aula resultavam, por vezes involuntariamente, em ações de reforço à heteronormatividade. Tal observação, ao longo do percurso teórico-analítico desta pesquisa, ratificou a idéia de que a homofobia consiste numa manifestação de poder forjada pelas instituições dominantes aqui, no caso, a escola e a universidade , para manter a heterossexualidade como a única identidade sexual legítima. À luz da Teoria Queer, levanta-se, então, a discussão se a busca por uma educação livre de homofobia não deveria pressupor um empenho em prol da dissolução da demarcação das identidades sexuais. Nesse viés, é provável que a principal contribuição desta dissertação seja a própria reflexão sobre o seu processo de pesquisa de campo e seus desdobramentos, tanto no que diz respeito a questionamentos que partiram dos participantes da pesquisa, como no que se refere às reformulações ideológicas inferidas a partir da investigação teórica e da interpretação dos dados colhidos
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4410
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Educação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo5278_1.pdf405,33 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.