Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/441
Título: Gene pelB em isolados de Colletotrichum gloeosporioides provenientes de vários hospedeiros
Autor(es): Vieira de Medeiros, Lílian
Palavras-chave: Colletotrichum; CgInt/ITS4; ISSR; gene pelB; pectato liase
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Vieira de Medeiros, Lílian; Tinti de Oliveira, Neiva. Gene pelB em isolados de Colletotrichum gloeosporioides provenientes de vários hospedeiros. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Biologia de Fungos, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: Colletotrichum gloeosporioides é um importante patógeno de diversas plantas de grande importância econômica. Na fase necrotrófica de infecção por espécies de Colletotrichum as enzimas degradadoras de parede celular de plantas, como pectato liase (PL), tem um claro aumento na expressão. Um gene pelB que expressa uma PL, foi identificado em isolados de C. gloeosporioides, patógenos de abacate. Vários estudos moleculares identificaram certa especialização de isolados de C. gloeosporioides quanto ao hospedeiro, no entanto não existem estudos sobre a presença deste gene em isolados de outros hospedeiros que não o abacate, nem em outras espécies de Colletotrichum. Os objetivos deste trabalho foram analisar a variação genética, a presença do gene pelB e comparar os produtos de amplificação em isolados de diferentes hospedeiros de C. gloeosporioides. O uso do iniciador espécie-específico CgInt confirmou a identidade dos isolados de C. gloeosporioides oriundos da Micoteca- URM. A detecção da variabilidade genética foi realizada utilizando iniciadores (GTG)5, (GACA)4 e M13, e a partir dos dados obtidos foi gerado dendrograma pelo método de agrupamento UPGMA. Os iniciadores para o gene pelB foram desenhados a partir de seqüências selecionadas do GenBank utilizando programa Primer 3, selecionados para temperatura de anelamento de 60° C e produtos de amplificação de tamanho aproximado de 600 pb. Os iniciadores de ISSR mostraram-se eficientes em demonstrar a variabilidade genética dos isolados de Colletotrichum e de discriminar as espécies C. gloeosporioides, C. acutatum e C. sublineolum. O gene pelB está presente nas espécies C. acutatum e C. sublineolum, além de C. gloeosporioides. A restrição dos fragmentos amplificados deste gene com a enzima MspI não evidenciou diferenças na estrutura do gene pelB entre os isolados de diferentes hospedeiros de C. gloeosporioides e C. acutatum e C. sublineolum
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/441
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Biologia de Fungos

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LVM.pdf2,54 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.