Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4344
Title: Formação docente na educação de jovens e adultos : processo de inclusão/exclusão de pessoas com necessidades educacionais especiais em uma perspectiva de humanização
Authors: Maria Laranjeiras Lins, Vanira
Keywords: Formação de professores; Educação de Jovens e Adultos; Inclusão; Humanização
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Maria Laranjeiras Lins, Vanira; Granja Porto, Zélia. Formação docente na educação de jovens e adultos : processo de inclusão/exclusão de pessoas com necessidades educacionais especiais em uma perspectiva de humanização. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: O presente trabalho foi realizado com o objetivo de investigar concepções sobre inclusão oferecidas na formação de professores e como se traduzem em propostas para a sala de aula de Educação de Jovens e Adultos - EJA, na qual também fazem parte alunos portadores de necessidades educacionais especiais. É interesse desta pesquisa verificar se sentidos atribuídos sobre formação inicial e continuada numa perspectiva de inclusão emergem nas falas dos(as) professores(as), e averiguar se estas concepções se encontram em consonância com os conteúdos discursivos que circulam nos documentos produzidos pelos órgãos definidores de políticas de formação. A presença de pessoas com necessidades educacionais especiais nas classes de ensino regular é uma realidade em todas as modalidades de ensino, porém pouco se conhece na literatura sobre a formação dos professores no sentido de acolhê-las, com a finalidade de desenvolver um trabalho pedagógico diferenciado, embasado no respeito às diferenças, fortalecendo sobremaneira o processo inclusivo. Para alcançar este objetivo, optou-se pela pesquisa do tipo qualitativa, elegendo a análise de conteúdo para o tratamento dos dados, por favorecer a interpretação e o significado dos dados coletados, e possibilitar inferências a seu respeito. Selecionou-se como campo empírico a Rede Municipal de Ensino do Recife, e contamos com a colaboração de dezoito de seus professores atuantes na EJA. Coletou-se dados para a pesquisa nos órgãos competentes, dos quais extraiu-se a proposta político-pedagógica do município do Recife, e partiu-se em busca de documentos nacionais e internacionais inerentes ao tema, para que se pudesse fazer a confrontação dos dados. Utilizou-se a entrevista, por entender a relevância de ouvir os professores e detectar através de seus discursos, como estes traduzem seus sentimentos, impressões, idéias, representações. Sentiu-se a necessidade de ancorar este trabalho na Teoria das Representações Sociais, pela relevância delegada à construção do conhecimento advindo do cotidiano, que reflete as interpretações, as relações do homem com o meio social no qual vive e que objetiva formar e sedimentar relações entre grupos sociais. Através das falas dos(as) professores(as), procurouse analisar como construíram representações oriundas da vivência, da experiência a respeito de sua própria formação sobre o processo de inclusão de pessoas com necessidades educacionais especiais, assim como o de humanização do ser humano. Por fim a pesquisa permitiu concluir que muito ainda está por se fazer na formação dos docentes, em prol da EJA e dos portadores de necessidades especiais, enquanto cidadãos com seus direitos previstos em lei, mas não identificados como integrantes de um processo de inclusão
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4344
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo3595_1.pdf3.72 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.