Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4331
Title: ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR NO ENSINO DE CIÊNCIAS : entre o ideal e a realidade
Authors: Roberto Ferreira de Lima, Adriel
Keywords: Interdisciplinaridade; Ensino de ciências; Atividade Interdisciplinar; Campos conceituais
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Roberto Ferreira de Lima, Adriel; Martins Teixeira Macedo, Francimar. ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR NO ENSINO DE CIÊNCIAS : entre o ideal e a realidade. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: A década da educação, iniciada em 1996 com a publicação da nova LDB, disseminou pelo país um grande número de experiências que buscavam colocar em prática as propostas contidas nos documentos oficiais. Dentre essas propostas, destacamos aqui a interdisciplinaridade e buscamos através dessa pesquisa, realizada num Centro de Ensino Experimental em Pernambuco, com experiência na prática interdisciplinar, entender como um trabalho nesta perspectiva é operacionalizado no ensino das ciências naturais. O Centro de Ensino, inaugurado em 2004, viveu dois momentos distintos com relação a prática interdisciplinar, um primeiro, até 2006, muito intenso, e um outro, a partir de 2006, de afastamento e reformulação. Uma mudança com três aspectos básicos: gestão, metodologia e currículo. Os sujeitos da pesquisa foram professores do Centro nas áreas de Física, Biologia, Química e Matemática, além da coordenadora pedagógica e uma professora universitária que atuou na formação específica dos docentes para trabalharem no Centro. A pesquisa consistiu em entrevistas e observações. Tratando mais especificamente do ensino de ciências, verificamos a existência de um corpo docente cujo perfil é muito favorável ao desenvolvimento de atividades interdisciplinares bem sucedidas. Mas ao mesmo tempo identificamos prioridades ao ensinar ciências, que não favorecem a interdisciplinaridade, o que se comprova quando em atividades com este fim, em mais da metade do tempo (51%) não encontramos evidências de qualquer tipo de interdisciplinaridade. A ausência de um problema norteador das atividades, também aparece com destaque no planejamento e na prática dos professores. Os professores não apresentaram preocupação em listar os conceitos envolvidos numa atividade e como seus alunos refaziam seus esquemas na interação com uma classe de situações demandada por tal atividade. Tal preocupação seria fundamental para que o processo de avaliação tivesse um efeito positivo. Destacam-se como obstáculos à implementação de uma atividade interdisciplinar, o tempo curto para planejamento e avaliação, o perfil pessoal inadequado, o descompasso entre disciplinaridade e interdisciplinaridade, e a insuficiência de recursos financeiros. A interdisciplinaridade parece ser uma alternativa viável para formação integral do cidadão na escola embora seja preciso observar com rigor os passos para executá-la. É necessário uma vigilância pedagógica que garanta um exercício de realidade cada vez mais próximo do ideal
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4331
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo3577_1.pdf1.52 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.