Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4316
Título: Práticas de escrita e formação docente: da produção textual cotidiana à construção do artigo científico
Autor(es): Paula Berford Leão dos Santos Barros, Ana
Palavras-chave: Práticas de escrita; Formação inicial de professores; Produção de texto; Artigo científico; Escrita acadêmica
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Paula Berford Leão dos Santos Barros, Ana; Emília Lins e Silva, Maria. Práticas de escrita e formação docente: da produção textual cotidiana à construção do artigo científico. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: O presente estudo objetivou descrever e analisar as práticas de escrita desenvolvidas na formação inicial, do curso de Pedagogia da Universidade Federal de Pernambuco, buscando compreender como este espaço de formação vem favorecendo o desenvolvimento da escrita ao longo da graduação. A amostra foi composta por 14 discentes que estavam cursando a disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso II - TCCII (manhã, tarde e noite), no segundo semestre do ano de 2007. Os dados foram coletados através de um questionário, aplicado coletivamente, e de uma entrevista semi-estruturada, realizada individualmente. Cada entrevista foi gravada e, posteriormente, transcrita para a análise dos dados. Esses dados foram analisados tendo como referência a análise de conteúdo das respostas. As verbalizações dos participantes sugerem que os mesmos reconhecem o progresso alcançado em suas produções textuais no decorrer da formação inicial, assim como o importante papel que a escrita representa para o exercício da docência. Diante das dificuldades ainda existentes quanto ao uso da escrita, os discentes citam, como as principais responsáveis pela não superação de suas deficiências, a pouca diversidade dos gêneros textuais trabalhados e a conduta dos professores, muitas vezes caracterizada pela pouca valorização à reflexão do aluno, ausência de devolutiva e correções em suas produções textuais. A realização do artigo científico foi considerada uma vivência enriquecedora, pelo fato da assistência exclusiva de um professor (orientador), destinado a orientar o aluno durante o percurso de construção do trabalho de concluso de curso (TCC), auxiliando-o tanto na busca do material teórico quanto na superação de suas dificuldades em relação à escrita. Os resultados sinalizaram que, embora a formação inicial contribua para o desenvolvimento da escrita de seus alunos, ainda necessita favorecer a inserção dos alunos no universo das práticas letradas de leitura e produção de textos
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4316
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Educação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo3498_1.pdf779,55 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.