Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4299
Título: Impactos da abertura comercial sobre o crescimento da economia de Cabo Verde
Autor(es): Pereira, Sónia Maria Fonseca
Palavras-chave: Cabo Verde; Integração; Abertura Comercial
Data do documento: 2005
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Maria Fonseca Pereira, Sónia; Barrantes Hidalgo, Álvaro. Impactos da abertura comercial sobre o crescimento da economia de Cabo Verde. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Economia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Resumo: O presente trabalho tem por objetivo investigar os efeitos do comércio externo sobre o produto da economia de Cabo Verde para o período entre 1960-2000. Partindo-se da apresentação dos aspectos sócio-econômicos dessa economia e utilizando os dados coletados pelo Instituto Nacional de Estatística de Cabo verde (INE) e pelo Banco de Cabo Verde (BCV) e disponibilizados pela Penn World Table, versão 6.1 realiza-se a decomposição da taxa de crescimento do produto, objetivando analisar a evolução da produtividade total dos fatores (PTF), posteriormente usada para averiguar a relação existente entre abertura econômica e PTF. Com base na metodologia de Vetores Auto- Regressivos (VAR), procede-se à análise da relação direta que existe entre a abertura econômica e o nível do produto, para economia caboverdiana, para o período entre 1970- 2000. E finalmente, a título de conclusão, faz-se uma breve apresentação dos principais resultados, obtidos nos testes da relação entre abertura e crescimento, realizados neste trabalho para a economia de Cabo Verde. Os resultados encontrados para a economia caboverdiana, mostram que o crescimento econômico parece ter sido eminentemente fruto do aumento da produtividade total dos fatores. Este trabalho também permite observar que a economia caboverdiana apresenta um coeficiente de abertura elevado e uma estrutura econômica pouco diversificada, características que a classificam como sendo uma economia fragilizada que precisa aproveitar as oportunidades de crescimento que oferece o comércio internacional. Apesar, da importância que o comércio exterior tem para a economia caboverdiana, a aplicação da técnica de co-integração, mostrou que, não há uma tendência comum de longo prazo entre as variáveis, Produto Interno Bruto (PIB) e abertura econômica para os dados de Cabo Verde
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4299
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Economia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo5925_1.pdf756,75 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.