Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4275
Title: Profissão professor de matemática : um estudo sobre as representações sociais
Authors: ESPÍNDOLA, Elisângela Bastos de Melo
Keywords: Representações Sociais; Escassez de Professor; Profissionalização; Profissionalidade; Professor de Matemática
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Bastos de Melo Espíndola, Elisângela; de Souza Leão Maia, Lícia. Profissão professor de matemática : um estudo sobre as representações sociais. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: O objetivo deste trabalho é analisar as representações sociais de professores e estudantes sobre a profissão professor de matemática, motivado por estudos que têm apontado a escassez de professores nesta área. Partimos da hipótese que aspectos relacionados à profissionalização ou desprofissionalização docente podem contribuir para o entendimento desta escassez. Aprofundamos alguns aspectos relacionados à formação inicial, às condições de ingresso e de exercício efetivo da profissão docente em matemática no estado de Pernambuco. Neste Estado tem se observado na rede pública de ensino, um número frequente de vagas sem preenchimento em concursos públicos para professores de matemática, ao mesmo tempo em que tem sido divulgado o baixo desempenho dos alunos nas avaliações oficiais da educação básica. Tomamos como referências teórico-metodológicas a Teoria das Representações Sociais desenvolvida por Serge Moscovici e a Teoria do Núcleo Central de Jean-Claude Abric. O estudo permitiu a identificação e análise das representações sociais de 669 sujeitos, 362 professores de matemática, 146 professores não formados nesta disciplina e 161 estudantes de licenciatura em matemática. Utilizamos no levantamento dos dados o questionário de associação livre e na análise dos dados um software estatístico, o Trideux. Como resultados, apontamos alguns elementos de aprofundamento sobre o processo de formação, ingresso e exercício da profissão docente em matemática. Trazemos as representações compartilhadas por professores de matemática e professores de outras áreas ou com estudantes de licenciatura. Também, apresentamos a oposição de sentidos, na especificidade das RS de cada grupo investigado. Finalmente, discutimos as representações sobre a profissão docente em matemática em função do lugar de atuação e do gênero de professores e estudantes desta disciplina, bem como a comparação entre as representações dos professores de matemática e de outras áreas em função do tempo de exercício e atuação docente. Observamos, entre outros aspectos, a importância dada à dimensão deontológica da profissão pelos professores de matemática, os estereótipos sobre o professor de matemática, ainda presente nas representações sociais dos professores que não são formados nesta área e a perspectiva dos licenciandos em atuar no exercício docente em Matemática
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4275
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo3436_1.pdf5.64 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.